Você está aqui: Página Inicial > Vice-Presidência > Vice-Presidente > Notícias > Notícias do Vice > 2014 > Vice-presidente destaca importância do combate a ilícitos nas fronteiras

Notícia

Vice-presidente destaca importância do combate a ilícitos nas fronteiras

por ASCOM/VPR publicado: 16/05/2014 17h05 última modificação: 10/11/2014 15h47
Foto: Anderson Riedel

“As Forças Armadas defendem, cada vez mais, as fronteiras do nosso País e impedem os ilícitos das mais diferentes naturezas”. A afirmação foi feita pelo vice-presidente da República. Coordenador do Plano Estratégico de Fronteiras, Michel Temer acompanhou o trabalho das Forças Armadas na Operação Ágata 8.

 O vice-presidente chegou ao Oiapoque, no extremo norte do Amapá, ainda na manhã dessa quinta-feira (15), para conferir de perto as ações dos militares no combate a ilícitos transfronteiriços. Assim que desembarcou, Michel Temer passou por um posto de bloqueio e controle de estradas montado pelos militares e agentes federais. Em seguida, visitou uma Ação Cívico-Social, que proporciona atendimento médico-odontológico às comunidades da região.  Ao lado de profissionais de saúde brasileiros, estavam médicos cubanos, do Programa Mais Médicos, atendendo a população. Pela primeira vez, as mulheres consultaram com ginecologistas.

 O ministro da Defesa, Celso Amorim, e os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica integraram a comitiva do vice-presidente. A bordo de uma embarcação, eles percorreram trecho do rio Oiapoque até chegar à Clevelândia. No 34º Batalhão de Infantaria de Selva, todos assistiram à demonstração de atividades da operação, como abordagem a garimpos ilegais.

 “Registro o agradecimento da presidente da República, deste vice-presidente, de toda a administração pública pelo trabalho que as Forças Armadas desenvolveram conjugadamente com os vários setores”, concluiu o vice-presidente.

 A Operação Ágata 8 foi desencadeada, no último dia 10, em mais de 16 mil quilômetros de fronteira do Brasil com os dez países sul-americanos. Ela faz parte do Plano Estratégico de Fronteiras, coordenado pela Vice-Presidência da República.