Você está aqui: Página Inicial > Vice-Presidência > Vice-Presidente > Notícias > Notícias do Vice > 2014 > Baixada Santista comemora inclusão no Pacto da Mobilidade Urbana

Notícia

Baixada Santista comemora inclusão no Pacto da Mobilidade Urbana

por Ascom/VPR publicado: 26/06/2014 17h10 última modificação: 10/11/2014 15h47
Romério Cunha - VPR Municípios da Baixada Santista receberão R$ 481,4 milhões do governo federal (Santos SP 26/07/2014)

Municípios da Baixada Santista receberão R$ 481,4 milhões do governo federal (Santos SP 26/07/2014)

O vice-presidente da República, Michel Temer, participou do anúncio da liberação de R$ 480 mlhões para obras de mobilidade urbana em municípios da região metropolitana da Baixada Santista. O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, lembrou que a viabilização dos projetos para a melhoria do trânsito só se tornou possível após ação direta do vice-presidente Michel Temer.

Temos que agradecer ao vice-presidente Temer que nos recebeu e fez todo o esforço para levar à presidente Dilma os pedidos da Baixada Santista, relatou.

O anúncio, feito nesta quinta-feira (26) em Santos (SP), contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff, do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, de ministros e prefeitos da região.

Apenas municípios com 700 mil habitantes podem ser contemplados com recursos do Pacto da Mobilidade Urbana e Santos, a maior cidade, tem 416 mil. A ideia do vice-presidente foi agrupar os municípios da Baixada Santista que somam 1,6 milhão de habitantes para firmar os contratos com o governo federal. Só assim se viabilizou a liberação dos recursos.

Entre os principais projetos está o da construção do Corredor Metropolitano, ligando Santos a São Vicente, com 16 quilômetros de corredores exclusivos para ônibus e dois túneis de 1,3 quilômetros, cada um, no maciço central da ilha. Em Praia Grande, o Corredor Via do Cidadão fará um anel marginal da rodovia Manoel da Nóbrega e 5 quilômetros de corredores de ônibus. Em Bertioga serão implantados terminais de integração no Centro, Riviera e Boracéia.

O governo do Estado de São Paulo também firmou parceria para apoiar 24 quilômetros de BRT (Praia Grande e São Vicente), terminais de integração (Peruíbe, Itanhaém e Moganguá) e para elaboração de Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica de outros projetos de mobilidade para Santos, Cubatão e Guarujá.

Esta é uma região importantíssima para o Brasil, onde está o maior porto de movimentação de cargas do País. Esperamos que os investimentos tragam mais qualidade de vida à população da Baixada Santista, finalizou Michel Temer.

A presidenta Dilma Rousseff anunciou ainda a liberação de recursos para obras de saneamento e ressaltou que o governo federal está investindo mais de R$ 1 bilhão de reais na região.