Você está aqui: Página Inicial > Vice-Presidência > Vice-Presidente > Notícias > Notícias do Vice > 2013 > Abril > Brasil e Macedônia assinam acordo na área de educação

Notícia

Brasil e Macedônia assinam acordo na área de educação

por Portal Planalto publicado: 22/04/2013 17h28 última modificação: 22/04/2013 18h11
Ascom/VPR

O vice-presidente da República, Michel Temer, e o presidente do Governo da Macedônia, Nikola Gruevski, assinaram um acordo de cooperação educacional, que tem por objetivo o fortalecimento do intercâmbio entre os dois países nos diferentes níveis e modalidades de ensino. O documento, oficializado nesta segunda-feira (22) em Brasília, também prevê o aperfeiçoamento de docentes e pesquisadores, bem como a troca de experiências na área da educação.

Michel Temer aproveitou a visita de Nikola Gruevski para falar sobre o programa federal “Ciência sem Fronteiras”, que prevê a concessão de mais de 100 mil bolsas de estudos no exterior para alunos de graduação e pós-graduação. A finalidade é manter contato com sistemas educacionais competitivos sobre tecnologia e inovação. “Cito esse programa porque ele pode servir para que estudantes da Macedônia venham ao Brasil aprender sobre esses temas”, explicou.

Durante encontro com o vice-presidente, Gruevski também falou da intenção da Macedônia de estreitar as relações comerciais com o Brasil. “Acreditamos que há muitas empresas brasileiras que queiram investir na Europa e quero informar que há grandes oportunidades na Macedônia. Somos estáveis na área macroeconômica”, declarou o presidente de Governo.

A comitiva macedônica chegou a Brasília no domingo (21) para participar do “Fórum Empresarial: Macedônia, Seu Destino para Negócios e Investimentos na Europa”, realizado na sede da Confederação Nacional das Indústrias (CNI). Até quinta-feira, as autoridades vão se reunir com empresários em São Paulo e Curitiba. “Temos o plano de abrir uma Embaixada no Brasil, que será a primeira da Macedônia na América do Sul”.

Michel Temer concordou que o momento é de estreitar relações comerciais. “Vamos incentivar para que as empresas nacionais façam, num primeiro momento, uma viagem à Macedônia, a fim de verificar as possibilidades de negócios naquele país”. O vice-presidente também informou que o Brasil trabalha para finalizar o Acordo sobre Isenção Parcial de Vistos, que vai agilizar a entrada de macedônios no país.