Você está aqui: Página Inicial > Vice-Presidência > Vice-Presidente > Notícias > Notícias do Vice > 2013 > Março > Michel Temer propõe novos investimentos norte-americanos no Brasil

Notícia

Michel Temer propõe novos investimentos norte-americanos no Brasil

por Portal Planalto publicado: 19/03/2013 15h30 última modificação: 19/03/2013 15h59

O presidente da República em Exercício, Michel Temer, encerrou a VIII Reunião do Fórum de Altos Dirigentes de Empresas Brasil-Estados Unidos, na manhã desta terça-feira (19), em Brasília.

No encontro com empresários brasileiros e norte-americanos, Michel Temer defendeu o crescimento do fluxo comercial entre os dois países, diversificação e ampliação da pauta de exportações. “O Brasil é um palco extraordinário para investimentos estrangeiros. O nosso desejo é que, além das 400 empresas americanas que já fazem parceria, outras invistam no Brasil”, afirmou.

O governo considera as áreas de petróleo e gás estratégicas para receberem investimentos. “O ano de 2013 marca a retomada dos leilões de blocos exploratórios. O Brasil espera que empresas norte-americanas engajem-se nas rodadas de licitação que serão promovidas pela Agência Nacional de Petróleo”, destacou o presidente.

Michel Temer lembrou que a Constituição Brasileira assegura a democracia e a liberdade de associação, o que dá tranqüilidade jurídica para investidores.

Calcula-se em 400 o número de empresas norte-americanas instaladas no Brasil. Os investimentos aqui no país são da ordem de US$ 100 bilhões. De 2001 para 2011, aproximadamente US$ 56 bilhões de dólares entraram no Brasil, provenientes dos Estados Unidos.

O Fórum de Altos Dirigentes é coordenado, na esfera governamental, pela Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel. No lado americano, é presidido pelo Assessor Presidencial e Vice Conselheiro de Segurança Nacional para Assuntos Econômicos, Internacionais, Michael Froman, e pela ministra Interina de Comércio, Rebecca Blank. No setor privado, o Fórum de CEOs é integrado por Altos Dirigentes de Empresas de cada país. Pelo lado brasileiro, é presidido por Josué Gomes da Silva, da indústria de tecidos Coteminas, e pelo lado norte-americano, por John Faraci, da empresa de papel e celulose Internacional Paper.

Assunto(s): Governo federal