Você está aqui: Página Inicial > Vice-Presidência > Vice-Presidente > Notícias > Notícias do Vice > 2011 > Junho > Temer recebe visita de vice-premiê britânico

Notícia

Temer recebe visita de vice-premiê britânico

No encontro, o representante do Reino Unido afirmou a intenção de aprofundar as relações com o Brasil nas áreas do comércio, cultura e esporte
por Portal Planalto publicado: 21/06/2011 17h16 última modificação: 24/11/2014 16h06

O Reino Unido pretende ampliar as relações bilaterais com o Brasil. Em visita ao vice-presidente Michel Temer, na tarde desta terça-feira (21/6), o vice-premiê britânico, Nick Clegg, afirmou que o Reino Unido pretende intensificar as relações comerciais, culturais e na área dos esportes com o país. Acompanhado de cinco integrantes do governo britânico e diversos empresários de vários setores, o vice-premiê mencionou ainda a presença na delegação de representantes das principais universidades do Reino Unido.

“A amplitude e a profundidade da nossa delegação mostra o interesse do nosso governo em alimentar essa relação com o Brasil”, afirmou Clegg. O vice-presidente Michel Temer agradeceu a visita e mencionou artigo publicado na última segunda-feira (20/6) pelo vice-premiê em jornal brasileiro. No texto, Clegg defende a demanda brasileira por uma vaga permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Clegg reiterou o apoio britânico durante a visita: “Eu tenho 44 anos e procuro dizer que não quero que os organismos multilaterais permaneçam como em 1944. Defendo que haja a modernização não apenas na ONU, mas também na maneira como são contabilizados os votos no Fundo Monetário Internacional”.

Durante o encontro, foi discutida a possibilidade de intercâmbio de experiências entre os dois países na preparação de eventos esportivos. Londres sediará os Jogos Olímpicos de 2012 e o Rio de Janeiro, os de 2016. Clegg destacou ainda a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. “Estamos muito orgulhosos de estarmos à frente no cronograma de preparativos e estamos à disposição para ajudar em infraestrutura e transportes”, disse o vice-premiê britânico.

O vice-presidente Michel Temer citou a ascensão social de 32 milhões de brasileiros à classe média no governo passado e a meta do atual governo de retirar 16 milhões de brasileiros da extrema pobreza e afirmou que esses cidadãos passam a demandar maiores chances educacionais, incluindo a possibilidade de ampliar os estudos no exterior. “O governo da presidenta Dilma quer atingir a meta de 100 mil estudantes brasileiros no exterior”, afirmou Temer.

O vice-premiê britânico disse que o governo do Reino Unido não pretende oferecer empecilhos para a entrada desses estudantes naquele país. Clegg e Temer conversaram ainda sobre o recente referendo sobre mudanças no sistema eleitoral realizado no Reino Unido, as demandas por mudanças na lei eleitoral brasileira e as diferenças entre o sistema legal britânico (Common Law) e o sistema constitucional brasileiro.