Você está aqui: Página Inicial > Vice-Presidência > Vice-Presidente > Notícias > Notícias do Vice > 2011 > Fevereiro > Michel Temer discute laços comerciais com Curaçao

Notícia

Michel Temer discute laços comerciais com Curaçao

Objetivo de Curaçao é ser um centro comercial e pólo turístico para os brasileiros da Região Norte
por Portal Planalto publicado: 09/02/2011 18h02 última modificação: 26/11/2014 17h44

O vice-presidente da República, Michel Temer, concedeu audiência na noite desta quarta-feira (9/2) ao ministro do Desenvolvimento Econômico de Curaçao, Nasser El Hakim, e ao embaixador do Reino dos Países Baixos, Kess Peter Rode. No encontro, El Hakim falou sobre as relações comerciais entre a maior ilha das Antilhas Holandesas e o Brasil. O objetivo de Curaçao é ser um centro comercial e pólo turístico para os brasileiros da Região Norte. O aeroporto de Curaçao seria mais conveniente por ser mais próximo dos estados dessa região do que os do Rio de Janeiro ou São Paulo, defendeu o ministro. Como é integrante do Reino dos Países Baixos e, portanto, da União Européia, Curaçao se propõe à função de elo entre o Brasil e o Mercado Comum Europeu. Além disso, El Hakim destacou os atrativos turísticos da ilha caribenha, como o multiculturalismo e a similaridade lingüística. O papiamento, idioma local de Curaçao, é originário do português de Cabo Verde.

Na audiência também foram discutidas possibilidades de cooperação entre os governos dos dois países no comércio de frutas, verduras e legumes. Em decorrência da carência hídrica na ilha, tudo o que é consumido pela população local tem que ser importado dos países da América Latina, como Venezuela ou Costa Rica, o que encarece os produtos em função dos fretes aéreos ou marítimos. El Hakim pediu ao vice-presidente Michel Temer que estudasse a possibilidade de uma parceria para baratear os custos desses produtos. Ao final da audiência, o ministro de Curaçao convidou o vice-presidente para uma visita oficial à ilha caribenha.