Você está aqui: Página Inicial > Vice-Presidência > Vice-Presidente > Entrevistas > Entrevistas > Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República em exercício, Michel Temer, antes de sua partida para Salvador - Brasília/DF

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República em exercício, Michel Temer, antes de sua partida para Salvador - Brasília/DF

por Portal do Planalto publicado 18/10/2011 18h40, última modificação 07/07/2014 12h20
O Presidente em exercício, Michel Temer, concede entrevista antes da partida para Salvador

Vice-Presidência da República, 18 de outubro de 2011

 

 

Jornalista: Presidente, sobre essa reunião com os deputados sobre o Fundo para a Defesa Civil [Fundo Nacional de Defesa Civil], o que o senhor avaliou?

Presidente: Olha, eu acabei de dizer a eles que, muito recentemente, a Presidenta editou uma Medida Provisória, não é, fruto daquelas reuniões que fizemos aqui durante um bom período com o ministro José Eduardo, com o Ministro das Cidades, com o Ministro da Integração Nacional e vários outros ministérios, e eles estão... eles querem, agora, fazer um estatuto da Defesa Civil, que é uma coisa muito útil e talvez aproveitem boa parte da Medida Provisória.

Jornalista: E é possível a liberação de fundo antes de acontecer uma catástrofe?

Presidente: Eu acho que isso depende de normação legal, não é? O governo tem sido muito ágil nessas questões, não é? Quando ocorre um acidente dessa natureza, o governo logo libera recurso, não é? Tem sido assim. Agora, essa Medida Provisória última, ela... exatamente ela tem o objetivo de prevenir, mais acentuadamente, essas catástrofes.

Jornalista: Ela foi excluída dessa MP, a comissão, não é, para os administradores públicos, não é?

Presidente: Não, mas isso também ia ser como se fosse um prêmio, não é? Na verdade seria que se estabeleceu um prêmio para aqueles que agirem adequadamente lá nos seus municípios.

Jornalista: Como é que o senhor tem visto essas denúncias envolvendo o Ministério do ministro do Esporte?

Presidente: O Ministro está depondo lá agora, na Câmara dos Deputados, não é? A ideia do governo é ouvir os esclarecimentos que ele tem a dar. Mas eu creio que ele dará esclarecimentos suficientes. Vamos ver quais são as alegações e as fundamentações que ele vai apresentar.

Jornalista: Ele pareceu convincente até agora?

Presidente: Eu, pelas palavras que eu ouvi até hoje, ele tem sido muito... está convicto do que diz. Vamos esperar os acontecimentos.

Jornalista: (incompreensível) convicto (incompreensível)?

Presidente: Vamos esperar os acontecimentos. Está bom.

Jornalista: Obrigada.

 

Ouça a íntegra da entrevista (01min41s) do Presidente em exercício, Michel Temer