Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > 06 > Governo faz consulta pública para o planejamento das políticas de juventude

Notícia

Governo faz consulta pública para o planejamento das políticas de juventude

Participação Social

Jovens podem participar da formulação de diretrizes do próximo Plano Plurianual. “Esse é o momento fundamental de participação da juventude”, destaca o secretário Gabriel Medina
por Portal Planalto publicado: 17/06/2015 20h53 última modificação: 17/06/2015 20h53
Marcelo Camargo/Agência Brasil Gabriel Medina (foto) estará presente no Fórum Dialoga Brasil, nesta quinta-feira (18)

Gabriel Medina (foto) estará presente no Fórum Dialoga Brasil, nesta quinta-feira (18)

Cidadãos de todo o Brasil têm a chance de participar do planejamento das políticas do governo federal para a juventude para os próximos quatro anos. Nesta quinta-feira (18), a Secretaria Nacional da Juventude realizará, no Auditório do Anexo I do Palácio do Planalto, uma consulta pública para discutir o tema. Os interessados podem participar presencialmente ou enviar suas contribuições pela internet

“É fundamental este momento. É quando o governo federal planeja suas iniciativas que estiveram presentes no programa apresentado nas eleições e que agora se materializam em ações e políticas públicas. Esse é o momento fundamental de participação da juventude”, destacou o secretário nacional da Juventude, Gabriel Medina, ao reforçar o convite para que os jovens brasileiros ajudem o governo a ser mais democrático e participativo. 

A consulta faz parte do Fórum Dialoga Brasil PPA 2016-2019, que visa debater e receber contribuições para o Plano Plurianual (PPA) dos próximos quatro anos. O evento começa às 9h e terá a participação de Gabriel Medina e do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rossetto. 

“Esse processo de consulta se amplia”, garante Medina ao lembrar que o Fórum Interconselhos foi, em outros anos, o centro das discussões para o planejamento do Plano Plurianual. “Tem uma novidade importante. Não só o Conselho Nacional de Juventude irá participar, mas também qualquer cidadão, seja presencialmente ou pela internet. Vamos receber propostas e contribuições pelas redes sociais”, afirmou Medina. 

O Plano Plurianual é o instrumento de planejamento governamental de médio prazo que estabelece diretrizes, objetivos e metas da Administração Pública para um período de quatro anos, organizando as ações do governo em programas que resultem em bens e serviços para a população. 

“É uma peça fundamental para que a gente possa planejar nossas ações que vão envolver e atender a juventude brasileira”, disse o secretário. 

De 22 de maio a 11 de junho, o Fórum Dialoga Brasil PPA 2016-2019 percorreu seis capitais (Salvador, Porto Alegre, Goiânia, Belo Horizonte, Belém e Fortaleza)- das cinco regiões do país. Ao todo, mais de 3.500 pessoas participaram do debate. Em todos os fóruns, o ministro Miguel Rossetto apresentou como o planejamento do PPA tem se materializado em programas e políticas.  

“Após esse processo de consulta, o governo tem obrigação de, a partir das demandas levantadas, dar um retorno para a sociedade civil daquilo que pode ser incluído nas iniciativas, ações e objetivos para que a gente possa fazer uma construção de ações e programas com participação de toda a sociedade”, explicou Medina. 

Mulheres 

Na terça-feira (16), mulheres de todo o País apresentaram sugestões para políticas de gênero  a serem implementadas pelo governo federal nos próximos quatro anos. 

O evento contou com participações presenciais e virtuais de representantes de todas as regiões do país e de diversos segmentos da sociedade civil organizada. A maior parte das sugestões apresentadas é voltada a ações para o combate à violência contra as mulheres.

“Nós queremos ser diferentes, mas também queremos equidade de acesso a todas as oportunidades”, disse a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci.

Segundo Miguel Rossetto, o encontro simbolizou um momento histórico para o Brasil, porque, pela primeira vez, o Plano Plurianual abriu um espaço para receber propostas específicas das mulheres de todo o País. 

Fonte
Portal Planalto, com informações da Secretaria Nacional da Juventude e da Secretaria de Políticas para Mulheres