Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > 05 > Pará recebe lanchas para mutirões de documentação do governo federal

Notícia

Pará recebe lanchas para mutirões de documentação do governo federal

Inclusão

Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural chega a 38 cidades do estado beneficiadas com a entrega das embarcações
por Portal Planalto publicado: 14/05/2015 12h31 última modificação: 15/05/2015 12h23
Divulgação/Ministério do Desenvolvimento Agrário Entrega aconteceu em Belém e teve a presença do ministro Patrus Ananias

Entrega aconteceu em Belém e teve a presença do ministro Patrus Ananias

O estado do Pará recebeu, nesta quinta-feira (14), duas Lanchas de Apoio ao Desenvolvimento Agrário (Lada). As embarcações vão ajudar as equipes do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário (PNDTR/MDA) no deslocamento durante a realização de mutirões.

A entrega das lanchas aconteceu na capital Belém e teve a presença do ministro Patrus Ananias. A iniciativa, que vai beneficiar moradores de 38 cidades do estado, emite gratuitamente documentos civis e trabalhistas para trabalhadoras rurais que vivem em ilhas, assentamentos e comunidades ribeirinhas.

“Nosso compromisso é assegurar a todas as mulheres trabalhadoras do campo sua dignidade. Esse é um compromisso muito forte e vamos trabalhar juntos para conseguir honrá-lo”, afirmou o ministro. 

Com os documentos, as trabalhadoras vão conseguir fazer matrículas em escolas, universidades, acessar crédito e  programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família. Desde seu início, em 2004, o programa já atendeu mais de 1,3 milhão de mulheres e emitiu mais de 2,7 milhões de documentos. 

As lanchas vão ajudar as equipes do governo a chegar a locais de difícil acesso, já que o Pará é um dos estados brasileiros com maior demanda do programa devido às grandes distâncias e à necessidade de fazer a travessia dos rios.

Com investimento de mais de R$ 2,1 milhões, a iniciativa é fruto de parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário, o Ministério da Defesa e a Marinha do Brasil. A previsão é de que, em 2015, sejam atendidas cerca de 10 mil mulheres com a emissão de mais de 16,2 mil documentos no Pará. 

Embarcações

Os barcos foram batizados em homenagem à extrativista Maria do Espírito Santo e à feminista e militante pelos direitos humanos Isa Cunha, por sua prestação de serviços em benefício coletivo. Eles ficarão aportados em Belém e Santarém, de onde partirão para atender as 38 cidades contempladas. “O Incra vai oferecer a infraestrutura necessária para que as duas lanchas comecem a operar imediatamente”, garantiu o ministro.

Abrangência nacional
Neste ano, o Ministério do Desenvolvimento Agrário já realizou mutirões do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural em outros estados brasileiros.

Cerca de 2 mil famílias de trabalhadoras do campo do Amapá e da Paraíba foram beneficiadas em abril. Já no mês de março, oito cidades do Maranhão receberam mutirões, contemplando 1,2 mil trabalhadoras rurais. 

Ação emite gratuitamente documentos civis e trabalhistas para mulehres que vivem em ilhas, assentamentos e comunidades ribeirinhas

Fonte:
Portal Planalto, com informações do Ministério do Desenvolvimento Agrário