Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > 05 > Ensino Superior do país conta com mais 82 cursos de graduação

Notícia

Ensino Superior do país conta com mais 82 cursos de graduação

Ensino superior

Lista do MEC foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (5). Cursos de Psicologia, Direito, Engenharia e Relações Internacionais estão entre os reconhecidos
por Portal Planalto publicado: 06/05/2015 15h31 última modificação: 15/05/2015 18h39
Crédito: José Bittar Existem hoje 4.867 cursos de graduação no país, contra 2.047 em 2002

Existem hoje 4.867 cursos de graduação no país, contra 2.047 em 2002

O Ministério da Educação (MEC) autorizou o funcionamento 82 novos cursos superiores de graduação em diversos estados brasileiros. A lista com todos os cursos foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (5).

Entre os cursos reconhecidos estão o de Psicologia na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com 45 vagas abertas; o de Direito na Universidade Federal do Pampa - Unipampa (RS), com 50 vagas; o de Engenharia Química nas Faculdades Integradas de Três Lagoas (MS), com 200 vagas; e o de Relações Internacionais na Universidade Cândido Mendes (RJ), com 200 vagas.

Links relacionados
Ministro discute Plano Nacional de Educação em reunião com CNE
Melhora qualidade de cursos de graduação 
Mulheres são maioria no ingresso e na conclusão de cursos superiores 

Novas vagas

Em abril, o Diário Oficial publicou edital que prevê a abertura de 1.800 novas vagas em cursos de Medicina em universidades particulares de oito estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A ação está prevista na Lei do Programa Mais Médicos. A meta do programa é criar 11,5 mil novas vagas de graduação em Medicina e 12,4 mil em residências médicas até 2018.

Em janeiro, 335 novos cursos foram reconhecidos pelo MEC.  As vagas foram abertas em instituições públicas e privadas, presenciais e a distância, em cursos como Farmácia, Psicologia, Matemática, Administração, Direito, Filosofia, Educação Física, Música e Biomedicina. 

Expansão do ensino superior 

Uma das prioridades do Ministério da Educação, a rede federal de ensino superior aumentou o número de universidade  de 45 em 2003 para 63 em 2014. Essa expansão é resultado de uma reestruturação do desenvolvimento científico e tecnológico no Brasil, que culminou na criação do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), em 2007. 

O número de municípios atendidos também foi ampliado e passou de 114 para 289. A quantidade de campus universitários cresceu de 148 para 321. Existem hoje  4.867 cursos de graduação no país, contra 2.047 em 2002.  Já o número de vagas em cursos presenciais foi ampliado em mais de 100%,  passando de 113.263 em 2002 para 245.983 em 2014.

O Reuni tem como foco a ampliação da oferta de cursos , o aumento de vagas nos cursos de graduação, a promoção de inovações pedagógicas e o combate à evasão, além de criar condições para a reestruturação acadêmica e pedagógica da rede federal de ensino superior.

Período registrou mais de 100% de aumento no número de vagas em cursos de graduação presencial

Fonte:
Portal Planalto, com informações da Imprensa Nacional, do Ministério da Educação e da Agência Brasil