Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > 05 > Em visita à Fundação Joaquim Nabuco, ministro reforça integração de cultura e educação

Notícia

Em visita à Fundação Joaquim Nabuco, ministro reforça integração de cultura e educação

Em Recife (PE)

Renato Janine Ribeiro parabeniza esforços da instituição na formação de professores de sociologia, por meio dos cursos de mestrado profissional
por Portal Planalto publicado: 27/05/2015 20h20 última modificação: 28/05/2015 10h06
Elza Fiúza/Agência Brasil Renato Janine assina portaria que regulamenta o Canal da Educação, veículo de TV digital gerido pelo Ministério da Educação

Renato Janine assina portaria que regulamenta o Canal da Educação, veículo de TV digital gerido pelo Ministério da Educação

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, visitou a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) nesta quarta-feira (27). Na ocasião, elogiou a atualização da instituição, em especial, na formação de professores de sociologia, por meio dos cursos de mestrado profissional.

“A integração entre cultura e educação é um dos pontos fortes da Fundaj", destacou Renato Janine. "Realmente, é um orgulho poder visitar a Fundação." O ministro aproveitou a presença em Recife (PE), onde participou do 3º Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, para visitar a sede da instituição no bairro de Casa Forte.

Na ocasião, foi recebido pelo novo presidente da Fundaj, Paulo Rubem Santiago, e os diretores das áreas de Pesquisa Social, Memória, Educação, Cultura e Arte, Formação e Desenvolvimento Profissional e Planejamento e Administração, que fizeram apresentações de suas áreas de atuação.

Considerando a crescente demanda por uma Educação de qualidade, Fundação Joaquim Nabuco foi convocada em 2011 pelo governo federal para integrar o Plano Nacional de Educação (PNE), ampliando, assim, a presença da instituição como protagonista e colaboradora efetiva de um País com mais educação e socialmente mais inclusivo.

“Sabemos que o País enfrenta problemas não só na Educação, mas a prioridade nacional dentro das metas do PNE é a Educação Básica, pois é nessa fase de 0 a 3 anos que se decide o destino das nossas crianças”, enfatizou Renato Janine Ribeiro.

Desenvolvido com o propósito de alinhar o desempenho da instituição às metas do PNE (de 2011 até 2020), o Plano de Ação da Fundação Joaquim Nabuco reflete, em cada uma das ações propostas, a intenção de fortalecer as mudanças substantivas em curso no Nordeste.

Formação e desenvolvimento profissional

A Diretoria de Formação e Desenvolvimento Profissional (Difor) da Fundaj vem construindo sua história desde 2002 com a Escola de Governo e Políticas Públicas. Seu corpo docente é formado por pesquisadores, mestres, doutores e especialistas em Pesquisa Social e Memória, Educação, Cultura e Arte.

A Difor é responsável pela execução dos seguintes cursos de pós-graduação stricto e lato sensu: Mestrado Profissional em Ciências Sociais para o Ensino Médio, ProfSocio, Mestrado em Educação, Culturas e Identidades, Políticas de Promoções da Igualdade Racial nas Escolas, Gestão de Acervos Bibliográficos, Arquivísticos e Museológicos e sua mais recente capacitação, o Dinter, Doutorado Interinstitucional em Políticas Públicas.

Outros projetos estão ainda em andamento na Difor, como Laboratório Multiusuários de Ciências Humanas (MultiH Lab) e o Convênio MEC/ Unesco/Fundaj, além dos seminários 'Direito à Educação', abordando diversas temáticas, com execução de maio a novembro deste ano e o Seminário Permamente PNE.

Fonte:
Portal Planalto com informações do Ministério da Educação e da Fundação Joaquim Nabuco