Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > 04 > Prazo para inscrições de novos beneficiários do Fies termina nesta quinta (30)

Notícia

Prazo para inscrições de novos beneficiários do Fies termina nesta quinta (30)

Educação

Já as renovações de contrato, que se encerrariam em 30 de abril, poderão ser feitas até 29 de maio
por Portal Planalto publicado: 28/04/2015 10h45 última modificação: 29/04/2015 15h06

Termina nesta quinta-feira (30) o prazo para inscrições de novos beneficiários do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Já as renovações de contratos do Fies, que antes se encerrariam também em 30 de abril, poderão ser feitas até 29 de maio. A mudança busca dar mais segurança e tranquilidade aos estudantes que procuram acrescentar informações em seus contratos no sistema.

Para se inscrever no Fies, que tem novas regras desde 30 de março, o estudante não poderá obter média inferior a 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A medida faz parte da reformulação do programa que estipula novos critérios para concessão do benefício. 

Além da média mínima, o candidato também não pode tirar nota zero na redação. Estão isentos à regra os professores do quadro permanente da rede pública matriculados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. 

Em 2015, 242 mil novos alunos aderiram ao programa federal, que ajuda a bancar cursos em instituição superior de ensino. Dos 1,9 milhão de contratos, 1,6 milhão foram aditados, faltando ainda 296 mil alunos para regularizar sua situação.

Fies pela internet

Os aditamentos ou acréscimos no contrato deverão ser feitos por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da EducaçãoO Fies oferece cobertura da mensalidade de cursos em instituições privadas de ensino superior a juros de 3,4% ao ano. O estudante começa a quitar o financiamento 18 meses após a conclusão do curso. 

Investimentos em educação

De acordo com o ministro da Educação, Renato Janine, entrevistado na última quinta-feira (23) no programa Bom Dia, Ministro, o MEC possui os instrumentos necessários e eficientes para trabalhar em consonância com o lema do governo federal, “Pátria Educadora”. A pasta tem entre suas prioridades o investimento em programas direcionados à educação continuada.

“Estamos vivenciando uma mudança, em que a educação não culmina mais na concessão de um diploma. Entendemos que a atualização educacional se estende ao longo da vida profissional”, afirmou o ministro.

Fonte:
Portal Planalto, com informações da Imprensa Nacional e do Ministério da Educação