Você está aqui: Página Inicial > Excluir (Histórico não Será Migrado) > Ciência Sem Fronteiras abre inscrições a projetos para pesquisadores visitantes e jovens talentos

Notícia

Ciência Sem Fronteiras abre inscrições a projetos para pesquisadores visitantes e jovens talentos

por Portal Planalto publicado: 10/01/2012 20h54 última modificação: 10/01/2012 20h57

Já estão disponíveis, no portal do Programa Ciência sem Fronteiras, os formulários de inscrição para projetos que visam atrair ao Brasil pesquisadores Visitantes Especiais ou Pesquisadores Jovens Talentos.

Acesse as chamadas CNPq/Capes/FAPs 60/2011 e 61/2011 e os formulários de inscrição aqui.

O pesquisador visitante especial receberá bolsa de R$ 14 mil mensais, pelo período que estiver no Brasil e os projetos, com vigência de três anos, receberão aporte de recursos no valor máximo de R$ 150 mil. O projeto também irá oferecer uma bolsa de pós-doutorado no País e uma bolsa de doutorado sanduíche no exterior, para que pesquisadores brasileiros possam acompanhar a pesquisa a ser realizada aqui e no exterior.

A chamada de atração de Jovens Talentos visa repatriar pesquisadores brasileiros ou atrair estrangeiros de destaque para trabalharem em projetos de até 36 meses no Brasil, visando sua posterior fixação. O pesquisador jovem talento receberá bolsa de R$ 7 mil e o projeto será financiado por até 36 meses com auxílio de até R$ 60 mil.

São ofertados três calendários durante o ano de 2012. No primeiro, as inscrições encerram-se em 15 de fevereiro e os projetos estão previstos para iniciarem em abril de 2012. Para ampla divulgação a colaboradores estrangeiros, basta informar o endereço http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf-eng/opportunities-for-individuals-from-abroad, o qual apresenta o resumo das chamadas e a forma de inscrição.

Para mais informações clique aqui.

Ciência sem Fronteiras

O Ciência sem Fronteiras é uma iniciativa do governo federal que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio de alunos de graduação e pós-graduação e da mobilidade internacional. O projeto prevê a concessão de até 75 mil bolsas de estudo no exterior em quatro anos.

O programa é fruto de esforço do Ministério da Educação em conjunto com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio de suas instituições de fomento – Capes e CNPq –, e secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

Fonte: Capes

Assunto(s): Governo federal