Temer: Gravação fraudulenta e manipulada especulou contra moeda nacional

publicado 20/05/2017 15h36, última modificação 26/02/2018 15h52
"Essa gravação fraudulenta e manipulada especulou contra moeda nacional. A notícia foi vazada seguramente por gente ligada ao grupo empresarial e, antes de entregar a gravação, comprou US$ 1 bilhão de dólares, porque sabia que isso provocaria o caos no câmbio", falou o presidente Michel Temer em pronunciamento neste sábado (20)
registrado em:
Reportar erro