Notícias

Caminhoneiros

Governo reforça compromisso com demandas dos caminhoneiros

publicado: 06/06/2018 20h03, última modificação: 06/06/2018 20h10
Após reunião com representantes do setor, ministro dos Transportes, Portos e Aviação adiantou que a tabela de fretes será atualizada para atender todos os tipos de caminhões
Governo se reúne com caminhoneiros no Palácio do Planalto

Ministro adiantou as mudanças que serão feitas na tabela de frete - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Após identificar distorções, o Governo do Brasil vai atualizar a tabela de frete mínimo da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para abranger mais tipos de veículos de frete e cumprir o acordo com os caminhoneiros. Segundo o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, todos os tipos de caminhões serão contemplados pela nova lista.

"O governo está cumprindo tudo o que foi acordado com os caminhoneiros. Identificamos algumas distorções em relação ao preço e ampliamos a tabela para contemplar todo tipo de caminhão", informou o ministro, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (6), após reunião com representantes da categoria. Segundo Casimiro, haverá audiência pública para discutir o assunto, "com a participação ativa do setor produtivo", para aumentar o detalhamento da relação.

Instituída pela Medida Provisória nº 832, de 27 de maio de 2018, a tabela integra o conjunto de compromissos feitos com a categoria para suspender a crise de abastecimento no País. De acordo com o ministro, a nova tabela será importante para evitar distorções e para não onerar os trabalhadores. Os novos valores serão publicados nesta quinta-feira (7), no Diário Oficial da União (DOU). 

Fonte: Planalto 

Reportar erro
Assunto(s): Transportes