Notícias

Gestão

Para Temer, governo faz avançar demandas antigas da sociedade

publicado: 24/04/2018 00h00, última modificação: 11/06/2018 18h26
Presidente participou de audiência com representantes de técnicos agrícolas. Para representante da categoria, legislação dará maior liberdade aos profissionais
Para Temer, governo faz avançar demandas antigas da sociedade
Alan Santos/PR
 

Ao comentar nesta terça-feira (24) a criação dos conselhos federal e regionais dos técnicos industriais e agrícolas, o presidente da República, Michel Temer, avaliou que o Governo do Brasil tem avançando em questões demandadas há anos pela sociedade. Sancionada em março, a medida é aguardada há mais de 30 anos pela categoria.

“Pude verificar que é algo esperado há 30 anos”, afirmou o presidente, durante audiência no Palácio do Planalto. “Temos produzido atos que muitas vezes tardavam 20 anos, 30 anos, 10 anos e não se fazia”, ressaltou, citando medidas como a repactuação da dívida dos estados e as reformas econômicas aprovadas no último ano.

Pela legislação, ficam criados os conselhos federal e regionais, além de autarquias com autonomia administrativa e financeira. Os órgãos vão orientar, disciplinar e fiscalizar a atuação da categoria.

Fundamental

Para o presidente da Federação Nacional dos Técnicos Agrícolas (Fenata), Mário Limberger, a lei dará mais liberdade profissional aos mais de 300 mil técnicos agrícolas em todo o Brasil. “Nós perseguimos por mais de 30 anos o nosso conselho próprio. O técnico vai ter mais liberdade para usar seu trabalho, aumentar produtividade, a produção. Todos são ganhadores: o técnico, a agropecuária e o Brasil”, ressaltou, em entrevista ao Planalto.

Fonte: Planalto

Reportar erro