Notícia

Nordeste

Governo amplia investimentos em Pernambuco

publicado: 09/12/2016 18h59, última modificação: 26/02/2018 12h08
Além da retomada de obras paradas em escolas e em unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida, mobilidade urbana também foi contemplada com recursos federais

Os investimentos do governo federal em Pernambuco, onde o presidente Michel Temer visita obras hídricas nesta sexta-feira (9), foram intensificados nos últimos seis meses. Só para a educação, foi liberado R$ 1,3 bilhão distribuído entre a educação básica, institutos e universidades federais. Na área de infraestrutura, o investimento do Minha Casa Minha Vida foi de outro R$ 1,3 bilhão.

Além de valorizar o papel do professor, o Ministério da Educação (MEC) retomou obras que estavam paradas nas três universidades federais do estado: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Para o novo campus da UFRPE, em Cabo de Santo Agostinho, serão liberados R$ 200 milhões até o fim da obra.

O ensino médio e profissionalizante também foram contemplados. A intenção do MEC, segundo o ministro Mendonça Filho, é que Pernambuco conte com 30 escolas de tempo integral.

"Atuamos fortemente na educação técnica profissionalizante, através dos dois grandes institutos: o Instituto Federal do Sertão e o IFPE. Ampliando, retomando obras e fazendo com que a gente fortaleça a rede profissional técnica."

Infraestrutura

No total, 30 mil unidades do Minha Casa Minha Vida estão em construção em 55 municípios de Pernambuco. Os investimentos no estado também foram destinados à urbanização. Em Jaboatão dos Guararapes, por exemplo, foram destinados R$ 19 milhões para a macrodrenagem na comunidade de Aritana.

Na capital, o governo ajuda a recuperar o metrô com investimentos de R$ 61 milhões. No próximo ano, serão instaladas 1,3 mil câmeras nas estações. Também foram autorizamos os projetos para ampliar as linhas até o Porto de Suape.

"Essa linha do metrô vai facilitar muito a mobilidade dos dezenas de milhares que trabalham em Suape como facilitar e resolver um grande problema de mobilidade na região metropolitana do Recife", explicou o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Fonte: Portal Planalto 

Reportar erro