Notícia

Acordo Automotivo

Brasil avança no diálogo por acordo automotivo com Paraguai, diz Marcos Pereira

publicado: 04/10/2016 13h14, última modificação: 26/02/2018 12h28
Ministro pretende fechar um acordo, ainda este ano, de importação e exportação de veículos com o Paraguai
Brasil avança no diálogo por acordo automotivo com Paraguai, diz Marcos Pereira

O ministro Marcos Pereira participou da Reunião do Fórum Nacional de Desenvolvimento Produtivo - Foto: Foto: Isac Nóbrega/PR

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, afirmou, nesta terça-feira (4), que o Brasil avança no diálogo para tentar fechar, ainda este ano, um acordo automotivo com o Paraguai. Ao participar da Reunião do Fórum Nacional de Desenvolvimento Produtivo, no Palácio do Planalto, Pereira avaliou de forma positiva a viagem do presidente Michel Temer à Argentina e ao Paraguai.

“Estamos avançando no diálogo com o ministro Gustavo Leite, que é o ministro da Indústria do Paraguai, para tentarmos, ainda neste ano, fechar um acordo automotivo, um acordo de importação e exportação de veículos, facilitando como já existe hoje há algum tempo com a Argentina”, disse Pereira, que acompanhou a comitiva presidencial nos dois países.

Na Argentina, Marcos Pereira assinou dois memorandos de entendimento com o ministro da Produção do país vizinho, Francisco Cabrera, para facilitar o comércio entre micro, pequenas e médias empresas entre os dois países.

“Assinei dois memorandos de entendimento (…) para que possamos melhorar e facilitar as exportações para as micro, pequenas e médias empresas e também para melhorar o diálogo da relação de comércio exterior com a Argentina”, disse.

De acordo com o ministério, de janeiro a setembro deste ano, as exportações brasileiras para a Argentina cresceram 0,3% em relação ao mesmo período do ano passado, US$ 9,9 bilhões contra US$ 9,8 bilhões. O país ocupa o terceiro destino das vendas externas do Brasil no acumulado do ano.

“Argentina é nosso terceiro maior parceiro comercial, atrás da China e dos EUA, é o primeiro exportador de veículos do setor automotivo do Brasil. Tenho certeza que na conclusão desses memorandos de entendimento, o ambiente de negócios de importação e exportação entre Brasil e Argentina vai avançar”, concluiu o ministro.

Fonte: Portal Planalto

Reportar erro