Notícia

Rio 2016

Organização dos Jogos trará reconhecimento mundial ao Brasil, afirma Temer

publicado: 18/08/2016 20h31, última modificação: 26/02/2018 12h28
Para presidente em exercício, País está "fazendo bonito” nos Jogos e elogia as 14 medalhas conquistadas pelos atletas brasileiros nos primeiros 14 dias do evento esportivo
Presidente em Exercício Michel Temer, durante reunião de Balanço dos Jogos Olímpicos Rio 2016

O presidente pediu a todos que mantenham, também na Paralimpíada, a presença, a torcida e o entusiasmo - Foto: Foto: Beto Barata/PR

O presidente em exercício, Michel Temer, disse, nesta quinta-feira (18), que o Brasil vai alcançar “reconhecimento mundial” pela capacidade de organização e estruturação demonstrada nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A declaração foi feita após reunião de balanço do evento esportivo no Rio de Janeiro.

“O que nós assistimos desde o momento da abertura da Olimpíada, naquele espetáculo maravilhoso, foi uma tranquilidade absoluta no Rio de Janeiro. Ainda há pouco comentávamos o número imenso de turistas que andam tranquilamente pelas ruas do Rio de Janeiro e participam ativamente de todos os jogos”, reforçou Temer, em declaração à imprensa.

O presidente em exercício disse ainda que o País está "fazendo bonito” nos jogos e elogiou as 14 medalhas já conquistadas pelos atletas brasileiros nos primeiros 14 dias do evento esportivo. “Ainda temos vários jogos nestes próximos três dias e, certa e seguramente, outras tantas medalhas virão para o Brasil”, comentou.

Em sua fala, o presidente pediu a todos que mantenham, também na Paralimpíada, que começa no dia 7 de setembro, a presença, a torcida e o entusiasmo presentes nos Jogos Olímpicos Rio 2016. “Acho que é uma coisa importante para o Brasil, para o mundo e para aqueles que vão participar da Paralimpíada”, complementou Temer.

A reunião contou com a presença dos ministros de Estado Eliseu Padilha (Casa Civil), Alexandre de Moraes (Justiça e Cidadania), Raul Jungmann (Defesa), José Serra (Relações Exteriores) e Leonardo Picciani (Esporte); do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão; de membros do Comitê da Rio 2016; do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); entre outras autoridades.

Fonte: Portal Planalto

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems
Reportar erro