Pronunciamento do Senhor do Presidente da República, Michel Temer - 16 de fevereiro de 2018

Ouça o pronunciamento:

Confira a transcrição:

Boa noite.

Venho até você para fazer uma importante comunicação.

Você sabe que o crime organizado quase tomou conta do Estado do Rio de Janeiro. É uma metástase que se espalha pelo país e ameaça a tranquilidade do nosso povo. Por isso, decretei hoje intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

Tomo medida extrema, porque assim exigiram as circunstâncias. O governo dará respostas duras, firmes, e adotará todas as providências necessárias para derrotar o crime organizado e as quadrilhas.

Não podemos aceitar mais passivamente a morte de inocentes. É intolerável estejamos enterrando pais e mães de família, trabalhadores honestos, policiais, jovens e crianças. Estamos vendo bairros inteiros sitiados, escolas sob a mira de fuzis, avenidas transformadas em trincheiras.

Não vamos mais aceitar que matem nosso presente, nem continuem a assassinar nosso futuro. A intervenção foi construída em diálogo com governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Nomeei o interventor o Comandante Militar do Leste, General Walter Souza Braga Netto, que terá poderes para restaurar a tranquilidade do povo.

As polícias e as forças armadas estarão nas ruas, avenidas, comunidades. Unidos, derrotaremos aqueles que sequestram a tranquilidade do povo em nossas cidades. Nossos presídios não serão mais escritórios de bandidos, nem nossas praças continuarão a ser salões de festa do crime organizado. Nossas estradas devem ser rota segura para motoristas honestos, não via de transporte de drogas ou roubo de cargas.

A desordem é a pior das guerras. Começamos uma batalha cujo caminho é o sucesso. E contamos com todos os homens e mulheres de bem ao nosso lado, apoiando, sendo vigilantes e parceiros nessa luta.

Já resgatamos o progresso e retiramos o país da pior recessão de nossa história. É hora de restabelecer a ordem, e a manutenção da ordem foi o fundamento constitucional para a intervenção, tal como prescreve o artigo 34 da Constituição Federal.

Unidos, traremos segurança para o povo brasileiro.

Obrigado pela atenção.

Boa noite.

Que Deus nos abençoe.

 

registrado em: ,
Reportar erro