Notícias

Meio Ambiente

Decretos presidenciais criam 700 mil hectares de áreas protegidas

publicado: 05/06/2018 19h17, última modificação: 05/06/2018 20h05
Nas redes sociais, presidente da República, Michel Temer, reforçou compromisso do governo com a preservação do meio ambiente. Unidades protegidas ficam na Bahia, em Roraima e no Amazonas

Dois decretos assinados nesta terça-feira (5) pelo presidente da República, Michel Temer, criam cerca de 700 mil hectares de áreas protegidas no País. Ambos os textos serão publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (6). Um deles cria o Refúgio de Vida Silvestre da Ararinha Azul e a Área de Proteção Ambiental da Ararinha Azul, com quase 120 mil hectares de áreas protegidas, nos municípios de Juazeiro e Curaçá (BA). 

O outro texto determina a proteção de 581 mil hectares de Floresta Amazônica com a criação da Reserva Extrativista Baixo Rio Branco-Jauaperi, nos municípios de Rorainópolis (RR) e Novo Airão (AM). Na data em que é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, Temer reforçou o compromisso do governo com a preservação do meio ambiente e apresentou dados sobre o desmatamento. "Na região da Mata Atlântica, tivemos uma queda de 56,8%, entre 2016 e 2017, quando comparada com 2015 e 2016", afirmou, em declaração nas redes sociais. 

Assinei dois decretos importantíssimos para proteção do Meio Ambiente. Um deles cria o refúgio da vida silvestre e uma área de proteção ambiental da Ararinha Azul com quase 120 mil hectares de áreas protegidas, nos municípios de Juazeiro e Curaçá (BA). #DiaMundialdoMeioAmbiente pic.twitter.com/xNUdR203ll

— Michel Temer (@MichelTemer) 5 de junho de 2018

Decreto Ararinha Azul

Fonte: Planalto 

Assunto(s): Meio ambiente