Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 10 > Temer: micro e pequenos empreendedores são os "campeões nacionais" do emprego

Notícia

Temer: micro e pequenos empreendedores são os "campeões nacionais" do emprego

Empreendedorismo

Após lançamento de pacote de incentivos para o setor, presidente da República destaca a retomada da economia e as medidas do governo
por Planalto publicado: 04/10/2017 15h07 última modificação: 04/10/2017 15h27
Foto: Beto Barata/PR "Nós temos que prestigiar aqueles que são campeões nacionais do emprego, os micro e pequenos empreendedores", disse Temer

"Nós temos que prestigiar aqueles que são campeões nacionais do emprego, os micro e pequenos empreendedores", disse Temer

O presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta quarta-feira (4) que o governo federal trabalha para prestigiar os micro e pequenos empreendedores, os "campeões nacionais" da geração de emprego. Após o lançamento de três novidades para o setor, Temer ressaltou as medidas do governo do Brasil tomadas até o momento para a melhora da economia.

Para o presidente, as ações são uma forma de celebrar a capacidade empreendedora do brasileiro. "E nós temos que prestigiar aqueles que são, estes sim campeões nacionais do emprego, são os micro e pequenos empreendedores", disse Temer, a uma plateia repleta de micro e pequenos empresários.

Na cerimônia no Palácio do Planalto, foram anunciadas três novidades: o novo Portal do Empreendedor, a Semana Nacional do Crédito, que vai movimentar R$ 9 bilhões, e a ampliação do programa Instituição Amiga do Empreendedor. Atualmente, mais de 98% dos empreendimentos privados brasileiros são pequenas e microempresas, e elas concentram mais da metade dos empregos formais do País.

"Os dados revelam uma atuação extraordinária não só no plano econômico, porque quando o empreendedor — seja grande ou pequeno — empreende, ele está praticando um gesto social na medida em que gera emprego. As forças produtivas do País [...] têm que fazer o que estão fazendo nos últimos tempos, se unindo”, afirmou em discurso.

“Os números não mentem”, afirmou o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira. “Entre janeiro e agosto, as pequenas e médias empresas criaram 327 mil vagas de empregos formais no País, e a sondagem conjuntural dos pequenos negócios feita pelo Sebrae no mês passado revela que mais de 20% dos pequenos empreendedores afirmam que pretendem contratar nos próximos 12 meses”, ressaltou.

Fonte: Planalto, com informações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, do Ministério da Educação e do Sebrae