Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 10 > Governo oferece crédito de R$ 9 bilhões, qualificação e aperfeiçoa portal

Notícia

Governo oferece crédito de R$ 9 bilhões, qualificação e aperfeiçoa portal

Retomada Econômica

Medidas são formuladas com o objetivo de incentivar a geração de emprego e renda e beneficiar as micro e pequenas empresas
por Planalto publicado: 04/10/2017 16h40 última modificação: 05/10/2017 09h26

Medidas do governo para estimular as micro e pequenas empresasPara incentivar a geração de emprego e impulsionar a retomada da economia, o governo anunciou nesta quarta-feira (4) ações de apoio às micro e pequenas empresas brasileiras, as "campeãs nacionais do emprego". As medidas passam por acesso a crédito, redução de burocracia, capacitação e consultoria.

Em outubro, o governo vai realizar a Semana Nacional do Crédito, uma ação para liberar empréstimos e financiamentos para empreendedores. No período, sete instituições financeiras vão oferecer R$ 9 bilhões, sendo R$ 8 bilhões para novos empréstimos e R$ 1 bilhão para negociação de dívidas.

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, os recursos serão oferecidos pela Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Santander, Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Nordeste e Banco do Amazônia. Nos eventos, será oferecida consultoria financeira aos tomadores de crédito.

Qualificação para o empreendedor

Com a criação do projeto Instituição Amiga do Empreendedor, haverá qualificação e profissionalização dos micro e pequenos empresários. A expectativa é de que 500 instituições de ensino superior, público e privadas, se inscrevam no programa, que deve capacitar cerca de 100 mil pessoas até o fim de 2018.

O projeto é uma parceria com o Ministério da Educação, Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Conselho Federal de Administração (CFA), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (ANGRAD) e Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A partir desta quarta-feira (4), o programa começa a aceitar a adesão eletrônica de todas as instituições brasileiras de ensino superior que desejarem fomentar o empreendedorismo local. O acesso pode ser feito pelo endereço eletrônico: iae.mec.gov.br.

Entre as metas do programa está aprimorar o perfil empreendedor, reduzir riscos, promover os atributos pessoais e competências interdisciplinares que formam a base de um comportamento e mentalidade empresarial como criatividade e estimular espírito de iniciativa.

Portal do Empreendedor

Para facilitar o acesso a informações e ao cadastro de dos Microempreendedores Individuais (MEI) junto ao governo federal, o Portal do Empreendedor foi reformulado. O novo portal, que já está em funcionamento, é mais intuitivo e conta com uma tecnologia que permite melhor acesso por meio de dispositivos móveis, como aparelhos celulares e tablets.

O projeto tem foco na melhoria do ambiente de negócios, na redução da burocracia e na agilidade dos processos de gestão das micro e pequenas empresas. Esse portal, agora, permite ao usuário ter acesso direto às soluções, aos conteúdos e aos canais de atendimento disponíveis por meio de um cardápio de serviços. Ele também deixou as operações mais seguras.

Fonte: Planalto, com informações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços