Notícia

Brasil no Brics 2017

Xi Jinping anuncia plano para incentivar integração econômica entre os países do Brics

publicado: 04/09/2017 02h40, última modificação: 26/02/2018 12h28
Presidente chinês divulga aporte para plano de cooperação econômica; presidente sul-africano reforça importância de ações voltadas, em paralelo, a pequenas e médias empresas
Xi Jinping anuncia plano para incentivar integração econômica entre os países do Brics

Presidente chinês também anunciou aporte de mais US$ 4 milhões para o Novo Banco de Desenvolvimento

Em discurso de abertura da 9ª Cúpula do Brics, o presidente da China, Xi JInping, anunciou que o país destinará 500 milhões de iuanes (cerca de R$ 250 milhões) para plano de cooperação econômica para incentivar ainda mais a integração econômica entre os países que formam o Brics.                       

Também anunciou aporte chinês de mais US$ 4 milhões para o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) para operações de negócios de longo termo do banco. O banco dos Brics soma US$ 100 bilhões em caixa.

"Houve muitos progressos na cooperação nos últimos 10 anos. Mas ainda temos que atingir o potencial completo", salientou o presidente chinês.

A aposta na cooperação econômica também foi destacada na fala do presidente da África do Sul, Jacob Zuma, em discurso de abertura. "Com vistas a nossa próxima década de parceria, convém que implantemos projetos de cooperação conjuntos, com ações concretas a serem entregues em prol de nossos povos", afirmou.

Zuma destacou a importância de se intensificar o desenvolvimento da cadeia industrial no âmbito do Brics, e de também de se fortalecerem, paralelamente, as ações voltadas às pequenas e médias empresas, "contribuindo para pessoas superarem a linha da pobreza".

Fonte: Portal Planalto