Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 09 > Chineses demonstram confiança e desejo de aumentar participações no mercado brasileiro, afirma porta-voz

Notícia

Chineses demonstram confiança e desejo de aumentar participações no mercado brasileiro, afirma porta-voz

Brasil na China

Em pronunciamento, Alexandre Parola destacou atuação de Temer para detalhar o sentido e o alcance da agenda de reformas em curso no País
publicado: 01/09/2017 12h32 última modificação: 01/09/2017 13h18
Foto: Beto Barata/PR Parola apresentou à imprensa resumo do primeiro dia da visita de Estado do presidente à China

Parola apresentou à imprensa resumo do primeiro dia da visita de Estado do presidente à China

O porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, afirmou nesta sexta-feira (1°) que o presidente da República, Michel Temer, tem identificado, nas conversas com autoridades chinesas, "uma enorme confiança no Brasil e o desejo de aumentar as participações de investimentos no mercado brasileiro”. Desde que iniciou a visita oficial ao país nessa quinta-feira (31), o presidente recebe o reconhecimento pelo novo momento econômico pelo qual passa o Brasil.

Parola ainda declarou que Temer falou aos seus interlocutores sobre o sentido e o alcance da agenda de reformas em curso no País, “que permitiu retomar um ciclo de crescimento sustentado, de maior abertura ao comércio exterior e ao investimento internacional, de geração de emprego e renda”.

A primeira reunião de Temer foi com o presidente da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês, Yu Zhengsheng. Na ocasião, Zhengsheng elogiou o aumento das trocas comerciais entre os dois países.

Em seguida, Temer se reuniu com o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang. No encontro, ambos demonstraram “grande satisfação com expansão do fluxo bilateral nos últimos anos”. O presidente reiterou o objetivo de diversificar “qualitativamente” a pauta exportadora para a China e disse esperar contar com a cooperação do governo para superar o entrave ainda existente ao ingresso no mercado chinês de produtos agropecuários brasileiros.

Com o presidente da República Popular da China, Xi Jinping, Temer assinou acordos bilaterais. Os dois concordaram com a necessidade de intensificar a aproximação e conhecimento mútuo entre os dois países e demonstraram disposição de continuar a trabalhar juntos na defesa do Acordo de Paris de Mudança do Clima e do Sistema Multilateral de Comércio da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Fonte: Portal Planalto