Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 08 > Presidente paraguaio fará visita oficial ao Brasil na segunda-feira (21)

Notícia

Presidente paraguaio fará visita oficial ao Brasil na segunda-feira (21)

Diplomacia

Na pauta de assuntos com Michel Temer, estão o combate ao crime organizado na região de fronteira, a modernização econômica e a situação da Venezuela
por Portal Planalto publicado: 18/08/2017 16h19 última modificação: 19/08/2017 10h34
Beto Barata/PR Em outubro passado, Temer fez visita oficial ao Paraguai

Em outubro passado, Temer fez visita oficial ao Paraguai

Com uma pauta que inclui o combate ao crime organizado na região de fronteira, a modernização econômica e a geração de empregos, além da situação da Venezuela, o presidente da República, Michel Temer, receberá o chefe de Estado paraguaio, Horacio Cartes, na próxima segunda-feira (21), em Brasília.

O anúncio da visita oficial ocorreu nesta sexta-feira (18), em pronunciamento à imprensa feito pelo porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola. “O presidente Temer e o presidente Cartes avaliarão os resultados das mais recentes operações conjuntas de combate ao crime organizado, a fim de garantir a eficácia das ações futuras. Também passarão em revista o estado das relações econômicas bilaterais”, adiantou Parola.

Na agenda, está previsto um encontro de Temer com Cartes no Palácio do Planalto, na manhã de segunda-feira. Depois, será oferecido um almoço em homenagem ao presidente paraguaio no Palácio do Itamaraty. “O Brasil e o Paraguai são unidos por sólidos vínculos humanos e por importantes interesses comuns, acrescentou o porta-voz. Em outubro passado, Temer fez visita oficial ao Paraguai, sendo recebido por Cartes em Assunção.

Atualmente, o Brasil é responsável pelo segundo maior estoque de investimentos diretos no Paraguai. Já o mercado brasileiro é o principal destino dos produtos paraguaios. Além disso, acrescentou o porta-voz, há o compartilhamento de “um dos maiores projetos de integração energética do mundo”, a usina hidroelétrica de Itaipu.

Fonte: Portal Planalto