Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 06 > Temer chega à Rússia para visita oficial

Notícia

Temer chega à Rússia para visita oficial

Brasil na Rússia

Presidente terá encontro com o líder russo, Vladimir Putin, e outras autoridades, e participará de seminário com investidores locais para atração de novos negócios
por Portal Planalto publicado: 20/06/2017 06h40 última modificação: 03/07/2017 15h44
Foto: Clauber Cleber Caetano/PR Michel Temer é recepcionado na chegada à Rússia

Michel Temer é recepcionado na chegada à Rússia

O presidente da República, Michel Temer, chegou no início da tarde desta terça-feira (6h30 da manhã, no horário de Brasília) a Moscou, na Rússia. O presidente realizará visita oficial ao país nesta terça (20) e quarta-feira (21), com encontros com o presidente Vladimir Putin, o primeiro-ministro Dmitry Medvedev e os presidentes da Assembleia Federal da Rússia, Valentina Matvienko e Vyacheslav Volodin.

A visita ocorre a convite de Putin e marca a retomada da agenda de alto nível entre os dois países. O encontro entre os dois presidentes, no dia 21, constituirá ocasião para discutir o aprofundamento da parceria estratégica bilateral, estabelecida em 2002. Os mandatários examinarão meios de reforçar o relacionamento econômico-comercial e de avançar na cooperação em ciência e tecnologia.

No encontro, deverão ser tratados, também, temas da agenda global. A Rússia é um importante parceiro do Brasil na esfera bilateral, bem como no âmbito da Organização das Nações Unidas, do G20 e do Brics.

Ao final da reunião, deverão ser firmados atos bilaterais para avançar iniciativas de mútua importância nas áreas de promoção de investimentos, facilitação do comércio, agilização de trâmites alfandegários, incentivo à coprodução cinematográfica, adensamento do diálogo político, dentre outros.

No dia 20, o presidente Michel Temer participará de encontro com investidores russos, em que apresentará a agenda de reformas e oportunidades de investimentos no Brasil.

A Rússia é um dos principais destinos das exportações de produtos agropecuários brasileiros, e os países têm a meta de elevar o intercâmbio bilateral ao patamar de US$ 10 bilhões anuais. O comércio bilateral somou US$ 4,3 bilhões no ano passado. Entre janeiro e maio de 2017, cresceu 42% em comparação ao mesmo período de 2016, atingindo US$ 2,1 bilhões.

Fonte: Portal Planalto e Ministério das Relações Exteriores