Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 06 > Governo reforça posição brasileira em favor do meio ambiente

Notícia

Governo reforça posição brasileira em favor do meio ambiente

Meio ambiente

Temer participou nesta segunda-feira da reinstalação do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, que não se reunia desde 2013
por Portal Planalto publicado: 12/06/2017 17h35 última modificação: 13/06/2017 15h39
Marcos Corrêa/PR Presidente participou da reunião com integrantes do fórum

Presidente participou da reunião com integrantes do fórum

Como parte do compromisso do governo brasileiro com a sustentabilidade do meio ambiente, o presidente da República, Michel Temer, participou de uma reunião do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas (FBMC). Órgão que reúne representantes do Estado e da sociedade civil, o FMBC foi reativado por Temer no início do ano após quatro anos sem encontros.

Na reunião, que marcou os 25 anos da Convenção do Clima, assinada durante a Conferência Rio-92, reafirma a posição do governo em prol de combater os efeitos das mudanças climáticas. “Foi uma retomada do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, que tinha se reunido pela última vez em 2013”, ressaltou o secretário executivo do fórum, Alfredo Sirkis.

Durante o encontro, que ocorreu no Palácio do Planalto, houve um balanço das atividades das câmaras temáticas do fórum, reativadas desde o início de 2017. Diretor executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Erik Solheim destacou a liderança do Brasil nas questões climáticas desde a realização da Rio 92.

Ele também parabenizou o presidente Temer pelas ações recentes do governo neste tema. “Cumprimentei o presidente por ter tornado lei, no Dia Mundial do Meio Ambiente [5 de junho], as ações brasileiras pelo clima”, afirmou.

Temer assinou, na última semana, decreto promulgando o Acordo de Paris, dando força de lei ao compromisso depositado na Organização das Nações Unidas (ONU). Além disso, o presidente determinou a ampliação de três unidades de conservação federal e a criação de um parque nacional

Fonte: Portal Planalto