Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 06 > Governo instala Conselho Nacional de Desburocratização

Notícia

Governo instala Conselho Nacional de Desburocratização

Gestão pública

Grupo interministerial buscará modernizar e dar mais eficiência aos serviços públicos
por Portal Planalto publicado: 22/06/2017 20h01 última modificação: 24/06/2017 04h00
Fernando Aguiar/ Casa Civil Governo dá importante passo em direção à eficiência e simplificação dos serviços públicos

Governo dá importante passo em direção à eficiência e simplificação dos serviços públicos

O governo federal instalou, nesta quinta-feira (22), o Conselho Nacional para a Desburocratização – Brasil Eficiente, com o objetivo de modernizar e melhorar a prestação de serviços públicos. 

Em entrevista ao Portal Planalto, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, responsável por presidir o colegiado, ressaltou que a iniciativa focada na eficiência à administração pública resultará em menos custo para o cidadão e para o Estado brasileiro.  

“Com grande alegria instalamos hoje o Conselho Nacional de Desburocratização. Fazer o Brasil menos burocratizado, menos papel, menos trabalho para o cidadão receber o serviço de Estado”, afirmou. Segundo Padilha, a medida irá facilitar os procedimentos administrativos para a população brasileira e também vai gerar impactos positivos na economia.

“Nós temos que facilitar. Temos que ter mais agilidade nos nossos processos, temos que ter mais segurança jurídica para os nossos negócios, e isso esse conselho tem condições de ajudar para que a gente possa fazer que se tenha mais rapidez no que seja o trabalho do Estado”, ressaltou. “Toda a atividade econômica pode ser facilitada”, pontuou.

Atuação e diálogo

Integrado pelos ministros da Fazenda; do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; da Transparência, Fiscalização e Controle (CGU); e pelo ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, o grupo se reunirá a cada três meses para aprovar e monitorar os avanços dessa agenda.

Padilha afirmou que os ministérios contarão com comitês de desburocratização, responsáveis por cumprir metas e apresentar avanços ao Conselho. “Temos metas e vamos cobrar. Com isso vamos fazer o Brasil menos burocratizado”, reforçou.

Conselhão

A agenda de desburocratização contou com o empenho do governo federal desde o início da gestão do presidente da República, Michel Temer. Um dos principais sinais desse esforço foi a retomada do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o "Conselhão", que conta com a representação dos mais variados líderes do setor empresarial.

O ministro ressaltou a importância da inclusão de diferentes grupos nas decisões governamentais e chamou atenção para o empenho do governo em estabelecer diálogo aberto com a sociedade.

“O governo do presidente Michel Temer tem se caracterizado por ser um governo de diálogo”, afirmou. “O trabalho de desburocratização vai fazer que o Estado brasileiro se torne mais eficiente para o cidadão”, concluiu.

Fonte: Portal Planalto