Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 06 > Agronegócio comemora recorde de recursos para produtores

Notícia

Agronegócio comemora recorde de recursos para produtores

Agricultura

Para produtores rurais, Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 alavanca o setor e beneficia a sociedade como um todo
por Portal Planalto publicado: 07/06/2017 17h59 última modificação: 09/06/2017 10h37
Marcos Corrêa/PR Plano para o biênio 2017/2018 foi lançado pelo presidente Michel Temer

Plano para o biênio 2017/2018 foi lançado pelo presidente Michel Temer

Representantes do agronegócio comemoraram nesta quarta-feira (7) o anúncio pelo presidente da República, Michel Temer, do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 com o maior volume de recursos da história para financiar o setor no País. São R$ 190,25 bilhões em crédito rural destinados a médios e grandes produtores.

Com a abertura do crédito em volume recorde, será possível para o setor fazer bons negócios. Para o agricultor Vilson Thomas, que cultiva grãos em Planaltina (DF), o custeio na aquisição de insumos ganhará fôlego. “O Plano Safra é de suma importância para o setor, porque faz ter recursos. Tendo esse custeio na mão, você consegue fazer bons negócios”, disse.

Produtor de grãos e tomate em Morrinhos (GO), Tiago Mendonça aposta que o volume recorde de recursos fará com que o setor tenha um impacto ainda maior no crescimento das riquezas do País. “Não somos só nós produtores que somos beneficiados, mas toda uma comunidade, toda uma sociedade”, afirmou.

Crescimento

Principal responsável pelo desempenho positivo da economia brasileira no primeiro semestre do ano, a agricultura registrou um aumento de 13,4% no Produto Interno Bruto (PIB). Na visão do presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Junior, o anúncio do presidente Temer mostra a importância do setor para a retomada do crescimento.

“Temos certeza absoluta que esse governo fará tudo o que for necessário para dar aos produtores dentro do possível para a gente plantar uma excelente safra para em 2017/2018 termos novamente quebra de recorde”, pontua.

Máquinas e equipamentos

Os recursos do Plano Safra são também responsáveis por alavancar a produção de máquinas e equipamentos no País. É o que destaca o presidente do conselho de administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), João Carlos Marchezan.

“Tem um impacto muito grande na economia neste momento em que estamos voltando ao crescimento econômico. Tem um impacto em toda a cadeia do agronegócio, em toda a cadeia de máquinas, em toda a cadeia de transporte. Isso para o Brasil é uma alavancagem que vamos dar no crescimento econômico”, declara.

Redução de juros

Além do aumento no volume de crédito, a taxa de juros das operações foi reduzida em um ponto percentual ao ano nas linhas de custeio e dois pontos percentuais nos programas prioritários voltados à armazenagem e à inovação tecnológica na agricultura (Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária/Inovagro  6,5% a.a.).

“Isso dá ao produtor a segurança dele viabilizar sua produção comprando seus insumos, tanto de fertilizantes, quanto de sementes, quanto de defensiva agrícola e também nos investimentos”, afirmou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller.

Fonte: Portal Planalto