Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 05 > Presidente do BID afirma que "este é o momento de apostar no futuro do Brasil”

Notícia

Presidente do BID afirma que "este é o momento de apostar no futuro do Brasil”

FIB 2017

Em fala no Fórum de Investimentos Brasil 2017, Luis Alberto Moreno declarou que reformas e melhoras nos indicadores econômicos avalizam decisão de investimento
por Portal Planalto publicado: 30/05/2017 12h20 última modificação: 30/05/2017 17h13
Foto: Marcos Corrêa/PR Para Moreno, o Brasil avança levando adiante um conjunto de grandes reformas para se modernizar

Para Moreno, o Brasil avança levando adiante um conjunto de grandes reformas para se modernizar

Durante a abertura do Fórum de Investimentos Brasil 2017, o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, afirmou à plateia de empresários estrangeiros que as reformas que estão sendo conduzidas pelo governo e a melhora nos indicadores econômicos sinalizam que este é o momento de se investir no País. “Falando como um presidente de um banco de desenvolvimento, devo contar-lhes porque estou convencido que este é o momento de apostar no futuro do Brasil”, afirmou.

Citando sua experiência à frente do BID, Moreno apontou que diferentemente de países “marcados pelo fracasso”, o Brasil não demonstra compromisso com modelos que não funcionam e avança levando adiante um conjunto de grandes reformas para se modernizar.

Ele destacou a condução simultânea de duas grandes reformas: a trabalhista e a da Previdência. Sobre esta última, comparou, aos investidores, que seria como reformar o “social security” (a previdência dos Estados Unidos), “algo que nenhum presidente americano talvez tenha ousado tocar pelos riscos políticos que isso implica”, disse.

Falando sobre a retomada do crescimento, lembrou que apesar de o País ter enfrentado dois anos de recessão, segue sendo a nona maior economia do mundo, à frente de grandes países como Austrália, Canadá e Rússia. E apontou que, após esse período, em 2017 o País volta a crescer e a ter êxito em controlar a inflação.

Além disso, lembrou aos empresários da capacidade econômica brasileira, citando que o País é um dos grandes celeiros do mundo: com “enorme” base industrial e “sofisticado” setor de serviços. Referendou sua avaliação elencando que o País reúne também as melhores universidades da região, uma comprovada capacidade para inovar e a maior classe média da América Latina. “Um país onde não se passa um dia sem um novo investimento estrangeiro. Um país que tem tudo para triunfar, disso não tenho dúvida”, afiançou.

Sobre o momento político, o presidente do BID declarou que, apesar de ser “um sinal de alerta para alguns”, trata-se de um ponto de inflexão para o Brasil e para toda a América Latina. “Estou seguro de que o Brasil sairá fortalecido, com os brasileiros recuperando a confiança em suas instituições e em seu País, que voltarão a ver o potencial que todos os estrangeiros presentes nessa sala conhecem”, pontuou.

Fonte: Portal Planalto