Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 05 > Presidente discute formas de ampliar o acesso de negros ao mercado de trabalho

Notícia

Presidente discute formas de ampliar o acesso de negros ao mercado de trabalho

Diversidade

Michel Temer se reuniu com o reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente. Brasil possui cerca de 1 milhão de universitários afrodescendentes
publicado: 04/05/2017 15h34 última modificação: 04/05/2017 15h45

O presidente da República, Michel Temer, e o reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente, discutiram formas de promover e ampliar o acesso de jovens negros ao mercado de trabalho após a conclusão do ensino superior. De acordo com dados do Ministério da Educação, o Brasil tem atualmente cerca de um milhão de universitários afrodescendentes.

Na reunião, os dois discutiram meios para que essa parcela da população tenha mais espaço nos ambientes de trabalho. “É preciso empoderar esse público para eles poderem seguir na consolidação da sua vida empresarial de uma forma bastante consistente, vitoriosa. Esse tema precisa de visibilidade. Precisamos de um ambiente que possa dar vez e voz a esse público”, afirmou o reitor.

Serviço público

Vicente também conversou com o presidente sobre a importância de se criar iniciativas capazes de preparar os negros para concorrer às vagas dos concursos públicos. Hoje a lei 12.990/2014 prevê a reserva de 20% das vagas em concursos públicos federais para pretos ou pardos. A política de ação afirmativa foi implementada para corrigir as desigualdades no serviço público.

“Concorrer a um cargo público exige muita preparação, muita qualificação. Esse público, em regra, não tem os meios financeiros para poder essa qualificação. Então, o governo pode ajudar a se criar condições para que esse público possa se preparar de forma qualificada”, disse.

Fonte: Portal Planalto 

Assunto(s): Emprego, Trabalho