Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 05 > No papel de empreendedor, jovem constata entraves e aprova reformas

Notícia

No papel de empreendedor, jovem constata entraves e aprova reformas

Empreendedorismo

Dono de uma empresa de proteção intelectual em Santa Catarina, Tiago Pisetta começou como servente de pedreiro e teve várias funções até comprar a própria empresa
por Portal Planalto publicado: 05/05/2017 18h59 última modificação: 08/05/2017 15h14
portal planalto
Marcos Corrêa/PR Tiago (de gravata vermelha) participou de reunião com o Michel Temer

Tiago (de gravata vermelha) participou de reunião com o Michel Temer

Em um intervalo de dez anos, o catarinense de Rio do Sul Tiago Pisetta passou do primeiro emprego, como servente de pedreiro, até se tornar empreendedor, como dono da própria empresa de proteção intelectual. Nesse período, viu de perto os entraves e as dificuldades de empreender no País.

Filho de pai carpinteiro e mãe dona de casa, começou a trabalhar aos 14 anos auxiliando em obras. Aos 17, já tinha sido professor e técnico de informática. Depois começou a estagiar na própria companhia que compraria anos mais tarde. 

“Iniciou lá atrás, estagiando na empresa. Virei funcionário e a oportunidade de empreender acabou surgindo. A paixão por empreender surgiu. Em 2011, eu comprei a empresa", lembrou Tiago, em entrevista ao Portal Planalto.

Tiago, junto a outros representantes da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), participou de uma reunião com o presidente da República, Michel Temer, nesta quinta-feira (4), em Brasília.

Reformas

Na visão do jovem empreendedor, atualmente com 30 anos, o ambiente de negócios possui muitos entraves de natureza trabalhista e tributária, o que dificulta a geração de empregos e a ampliação de mercados.

Por isso, ele acredita na importância das propostas apresentadas pelo governo federal para reformar a Previdência Social e modernizar a legislação trabalhista.

“As reformas vão permitir, daqui para frente, que a gente consiga melhorar o nosso ambiente empreendedor e a contratação das nossas equipes, melhorar a forma de trabalhar e a facilidade de fazer esse trabalho”, disse.

Fonte: Portal Planalto

registrado em: ,
Assunto(s): Economia, Governo federal