Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 05 > Em encontro no Planalto, Temer reforça solidariedade ao povo da Venezuela

Notícia

Em encontro no Planalto, Temer reforça solidariedade ao povo da Venezuela

Direitos humanos

Junto a ministros de Estado, presidente se reuniu com Antonieta López e Lilian Tintori, mãe e esposa de Leopoldo López, político venezuelano preso desde 2014
por Portal Planalto publicado: 11/05/2017 20h08 última modificação: 13/05/2017 11h40
Marcos Corrêa/PR Presidente recebeu Lilian Tintori no Palácio do Planalto

Presidente recebeu Lilian Tintori no Palácio do Planalto

O presidente da República, Michel Temer, reforçou nesta quinta-feira (11) a solidariedade do governo brasileiro com o povo da Venezuela e o apoio à democracia e aos direitos humanos. Em nota lida pelo porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, o presidente disse estar “pronto a prestar ajuda humanitária ao país”.

Temer recebeu Antonieta López e Lilian Tintori, mãe e esposa de Leopoldo López, líder de oposição na Venezuela preso desde 2014. Acompanharam a reunião também os ministros dos Direitos Humanos, Luislinda Valois; do Gabinete de Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen; e o secretário-geral do Itamaraty, embaixador Marcos Bezerra Galvão, além de Parola e embaixadores.

De acordo com o porta-voz, Temer acredita ser fundamental que o governo da Venezuela acabe com prisões políticas, garante liberdades individuais, respeite a independência dos poderes e defina um calendário eleitoral, que deve ser cumprido. “O presidente Temer enfatizou que o Brasil está ao lado do povo venezuelano”, disse. 

Por conta da situação vivida atualmente pelo povo venezuelano, que vive os efeitos de uma grave recessão e de uma crise política, o governo brasileiro tem mantido contato com outros países na América do Sul. Nesta quinta, por exemplo, Temer conversou por telefone com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, para discutir a questão.

Apoio

Em entrevista ao Portal Planalto, Lilian Tintori disse que apresentou a real situação na Venezuela e pediu apoio do Brasil. Segundo ela, Temer demonstrou estar sensibilizado com os problemas dos venezuelanos e mostrou-se disposto a ajudar. “Ele manifestou sua preocupação e disse que está conosco, com os venezuelanos”, afirmou.

Segundo a nota lida pelo porta-voz da República, o presidente brasileiro “desejou que o líder venezuelano Leopoldo López logo esteja no convívio de sua família, em clima de harmonia e liberdade na Venezuela”.

Fonte: Portal Planalto