Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 04 > Propostas do Conselhão avançam no governo federal

Notícia

Propostas do Conselhão avançam no governo federal

Crescimento econômico

Em reunião nesta terça-feira (25), ministros e conselheiros destacaram o andamento das propostas apresentadas pelo CDES
por Portal Planalto publicado: 26/04/2017 20h53 última modificação: 27/04/2017 12h58
Beto Barata/PR Integrantes ressaltaram o rápido andamento das medidas propostas pelo colegiado

Integrantes ressaltaram o rápido andamento das medidas propostas pelo colegiado

Medidas para desburocratizar, aprimorar e retomar o crescimento econômico. Com esses objetivos, o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o Conselhão, vem trabalhando junto ao governo federal para encontrar soluções para reerguer a economia brasileira.

Presidente executivo do grupo, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, liderou, nesta terça-feira (25), a reunião de acompanhamento das propostas do CDES e destacou o avanço dessas recomendações junto ao governo federal.

“Há entrosamento entre as ações do governo e as recomendações do ‘Conselhão’. (...) um governo que procura andar de mãos dadas com a sociedade civil tem mais chance de chegar a um porto seguro”, ressaltou Padilha durante a reunião, que contou com conselheiros, ministros e secretários do governo.

Aperfeiçoamentos

Entre as propostas encaminhadas, estão o aperfeiçoamento do seguro-rural e a elaboração de estudos para estabelecer a plurianualidade do Plano Safra, além de outros pontos importantes para o agronegócio, um dos setores mais importantes do Produto Interno Bruto (PIB). 

No campo do ambiente de negócios, estão em andamento propostas para combater a burocracia e insegurança jurídica das empresas em meio ao complexo sistema tributário brasileiro, assim como medidas para reduzir a burocracia. Uma proposta do governo federal com ações nesses campos já está em análise pela Câmara dos Deputados.

Licenciamento

Na área do meio ambiente, um dos principais pontos analisados é a conclusão da nova legislação sobre licenciamento ambiental, cujos problemas vêm afetando há anos o setor de infraestrutura e logística no País. O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, afirmou que, na próxima semana, um texto que ataca a questão deve estar pronto para ser votado pela Câmara dos Deputados.

Fonte: Portal Planalto, com informações do CDES