Notícia

Medicamentos

População terá melhor atendimento após portaria, diz ministro da Saúde

publicado: 12/04/2017 17h51, última modificação: 26/02/2018 12h28
portal planalto
Para Ricardo Barros, rapidez na liberação das patentes vai dar segurança aos pesquisadores e resultar também em economia aos cofres públicos
WhatsApp Image 2017-04-12 at 17.32.07.jpeg

Ministro da Saúde destacou efeito positivo da medida

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou que a portaria assinada nesta quarta-feira (12), que agiliza a liberação de patentes e permite à população um acesso maior a medicamentos, vai resultar em uma melhora no atendimento à população brasileira.

Portaria conjunta assinada hoje prevê que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisará os pedidos com foco no impacto à saúde pública, enquanto o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) será o responsável por analisar os critérios de patenteabilidade.

Outro ponto positivo, na visão do ministro, é que a portaria também trará economia aos cofres públicos. “Esta medida vai provocar a economia de milhões e milhões de reais na compra de medicamentos, que serão mais novos, modernos e baratos, além de dar mais qualidade de atendimento à população”, disse Barros.

Para o ministro, a rapidez na liberação das patentes vai dar segurança aos pesquisadores, inclusive na captação de investidores. Ele disse ainda que essa medida de desburocratização faz parte do esforço do governo de simplificar a vida do cidadão brasileiro.

Fonte: Portal Planalto

registrado em: , ,