Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 03 > Governo investe R$ 255 milhões em rodovia federal na Paraíba

Notícia

Governo investe R$ 255 milhões em rodovia federal na Paraíba

Infraestrutura

As obras vão beneficiar mais de 1,2 milhão de pessoas e permitir a tráfego mais seguro na rodovia na BR-230
por Portal Planalto publicado: 10/03/2017 09h45 última modificação: 10/03/2017 15h18
Divulgação/Prefeitura de Campina Grande Temer também visitará obras de um complexo do Minha Casa Minha Vida

Temer também visitará obras de um complexo do Minha Casa Minha Vida

O presidente da República, Michel Temer, assina nesta sexta-feira (10) ordem de serviço para as obras de adequação da BR-230, na Paraíba. Com investimento total de R$ 255 milhões, as melhorias em um trecho de 28 quilômetros da rodovia beneficiarão diretamente 1,2 milhão de pessoas. 

Serão construídos 13 viadutos, 14 passarelas de travessia de pedestres, 38 quilômetros de vias marginais, 15 quilômetros de ciclovias e 25 quilômetros de terceira faixa. O projeto executivo já foi concluído e a obra está pronta para começar.

No trecho previsto, que vai do município de Cabedelo até a capital paraibana, João Pessoa, registra-se com movimento de aproximadamente 70 mil veículos. Nos períodos de férias, o número chega a 85 mil. Com o crescimento da população na região e, consequentemente, o aumento no fluxo do trânsito local, a rodovia atingiu a sua capacidade máxima de lotação.

Complexo Aluizio Campos

Antes da cerimônia, Temer visitar as obras do complexo Aluizio Nunes, conjunto habitacional do Programa Minha Casa Minha Vida com 4,1 mil unidades da Faixa I (famílias com renda até R$ 1,8 mil), sendo 3.012 casas e 1.088 apartamentos. O empreendimento, com investimento de R$ 233 milhões do governo federal, deve ficar pronto em dezembro deste ano.

Como equipamentos públicos de interesse social, estão sendo construídas três creches, três escolas, duas unidades básicas de saúde da família, dez praças com academia, um Centro de Referência da Assistência Social, um Centro Especializado de Odontologia e um Centro de Artes e Esportes Unificados.

Além das unidades habitacionais, o complexo vai receber um polo industrial, que pode gerar mais de 15 mil empregos. Até o momento, já existem 173 empresas que apresentaram cartas de intenções com interesse em se instalar dentro dos 110 hectares do complexo, além de mais de 250 microempresas cadastradas.

Fonte: Portal Planalto