Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 02 > O Brasil está "saindo da recessão", diz Temer ao Financial Times

Notícia

O Brasil está "saindo da recessão", diz Temer ao Financial Times

Retomada do crescimento

Presidente da República destaca papel das reformas e das medidas de estímulo à economia para retomar o crescimento do País
por Portal Planalto publicado: 02/02/2017 13h11 última modificação: 03/02/2017 14h20
Foto: Beto Barata/PR Presidente da República concedeu entrevista ao jornal inglês

Presidente da República concedeu entrevista ao jornal inglês

Em entrevista ao jornal britânico Financial Times, o presidente da República Michel Temer afirmou que as medidas de estímulo à economia e as reformas que estão sendo conduzidas pelo governo já estão dando resultado e já conduzem o País para o caminho da retomada do crescimento econômico. A entrevista foi publicada nesta quinta-feira (2). "Estamos saindo da recessão", disse Temer.

Dentre as medidas de estímulo à economia, o presidente citou o saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que deve injetar até R$ 30 bilhões na economia, e as medidas para reduzir os juros do crédito rotativo. No ano passado, o percentual atingiu 475,8% ao ano. Com as novas regras para os gastos do consumidor com juros podem cair até 70%, representando uma taxa anual de 153,8%.

O presidente também destacou o papel das reformas que estão sendo conduzidas pelo governo para a retomada do crescimento. Sobre a reforma da Previdência, Temer apontou que esta pode ser aprovada pelo Congresso já no segundo trimestre de 2017.

Reformas

Ao jornal britânico, o presidente da República explicou que a reforma trabalhista, enviada ao Congresso Nacional no fim do ano passado, tem como objetivo tornar o País mais competitivo e atraente para os investidores, assim como contribuir para o combate ao desemprego. Um dos pilares das mudanças é dar força às negociações entre empregados e empregadores.

Outra medida para aumentar a competitividade do País citada por Temer na entrevista é a reforma tributária, ainda em estudo pela equipe econômica. A intenção é diminuir a burocracia para a iniciativa privada. O presidente também destacou a reforma do Ensino Médio, apresentada para tornar mais eficiente a educação no País. O tema está em discussão no Congresso Nacional.

Atração de investimentos

O presidente falou sobre a atração de capital estrangeiro e destacou as oportunidades de investimento em concessões em infraestrutura no País do programa Crescer. Temer disse que as empresas da China, país que é o maior parceiro comercial do Brasil, são fortes concorrentes para 34 concessões para portos, aeroportos, estradas e outros projetos.

Fonte: Portal Planalto