Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 02 > Governo pretende desburocratizar o sistema tributário, afirma Temer

Notícia

Governo pretende desburocratizar o sistema tributário, afirma Temer

Economia

Presidente participou da posse do novo presidente da Frente Parlamentar Agropecuária nesta terça (14), em Brasília
por Portal Planalto publicado: 14/02/2017 23h27 última modificação: 20/02/2017 17h51
Foto: Beto Barata/PR "São momentos como este que representam a pujança do nosso País", disse o presidente Michel Temer

"São momentos como este que representam a pujança do nosso País", disse o presidente Michel Temer

O presidente Michel Temer, em evento de posse do novo presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) nesta terça-feira (14), afirmou que o governo pretende desburocratizar o sistema tributário do Brasil. O novo dirigente da frente é o deputado Nilson Leitão.

“Queremos simplificar o sistema tributário do País, queremos desburocratizar, como fez o Blairo Maggi no Ministério da Agricultura. E, para isso, precisamos contar com apoio e mais do que apoio, com entusiasmo”, declarou o presidente na cerimônia, realizada em Brasília.

Temer afirmou que conta com a celeridade dos parlamentares para continuar a reconstruir o País, assim como na aprovação da emenda constitucional do teto de gastos, e da reforma do Ensino Médio e da admissibilidade da reforma da Previdência Social.

“Quando nosso governo imaginava que levaríamos dois anos, dois anos e meio, para realizar as reformas imprescindíveis para o País, com apoio do Congresso Nacional e no particular com o entusiasmo dos integrantes da Frente Parlamentar Agropecuária, de repente nós verificamos que, em seis, sete meses, já havíamos aprovado o teto, a reforma do ensino médio, a questão do petróleo, encaminhado a questão da modernização da legislação trabalhista”, lembrou.

Desde o início do governo, a FPA contribuiu com entusiasmo e apoio, agradeceu o presidente, que considera a frente “uma casa extremamente produtiva”, por reunir pessoas que participam de atividade que sustenta a economia brasileira.

“Quando nós do governo dizemos que o Brasil tem rumo, a primeira direção para qual olho é exatamente a agricultura, o agronegócio”.

Fonte: Portal Planalto