Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2017 > 02 > Doações de construtora foram declaradas ao Tribunal Superior Eleitoral

Notícia

Doações de construtora foram declaradas ao Tribunal Superior Eleitoral

Nota oficial

Em nota, Secom informou que Michel Temer, quando era presidente do PMDB, fez um pedido formal e oficial para contribuição na campanha eleitoral
por Portal Planalto publicado: 24/02/2017 17h08 última modificação: 29/05/2017 15h12

A Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República informou, nesta sexta-feira (24), em nota à imprensa, que o presidente da República, Michel Temer, pediu "auxílio formal e oficial" à construtora Norberto Odebrecht para as campanhas eleitorais de 2014. De acordo com o comunicado, essa foi a única participação de Temer no episódio. A contribuição ao PMDB foi declarada na prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia a íntegra:

Nota à Imprensa

Quando presidente do PMDB, Michel Temer pediu auxílio formal e oficial à construtora Norberto Odebrecht. Não autorizou nem solicitou que nada fosse feito sem amparo nas regras da lei eleitoral. A Odebrecht doou R$ 11,3 milhões ao PMDB em 2014. Tudo declarado na prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral. É essa a única e exclusiva participação do presidente no episódio.

Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República

Fonte: Portal Planalto

registrado em: ,
Assunto(s): Governo federal