Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 12 > Crise será derrotada em 2017, afirma Temer em pronunciamento de Natal

Notícia

Crise será derrotada em 2017, afirma Temer em pronunciamento de Natal

Confiança

Presidente falou dos sete meses de governo e destacou desafios que o País terá no próximo ano
por Portal Planalto publicado: 24/12/2016 20h06 última modificação: 25/12/2016 02h32
Foto: Reprodução TV Presidente Michel Temer fala à nação na noite de Natal

Presidente Michel Temer fala à nação na noite de Natal

Durante pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, Michel Temer fez um balanço dos sete meses de governo e falou das expectativas para o próximo ano. Na noite de Natal, o presidente afirmou que  "2017 será o ano em que derrotaremos a crise".   

Na ocasião, citou uma série de exemplos e medidas já tomadas pelo governo que vão ajudar a pôr fim à crise econômica. Temer destacou, por exemplo, a queda nas taxas de juros e da inflação. "Nesses poucos meses do nosso governo, muito já foi feito. Com os esforços que fizemos, a inflação caiu e voltou a ficar dentro da meta, o que vai colocar um freio na carestia que você sente no supermercado." 

Michel Temer lembrou conquistas alcançadas desde maio, como a aprovação da lei que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos e a lei que dá transparência à gestão das empresas estatais. Reforçou, ainda, que a proposta de reforma da Previdência vai assegurar o direito à aposentadoria a todos os brasileiros. "Estamos começando a Reforma da Previdência para que sua sagrada aposentadoria esteja garantida agora e no futuro."

O presidente da República ressaltou a importância da aprovação do Novo Ensino Médio pela Câmara dos Deputado e salientou que o governo ampliou em R$ 8 bilhões o orçamento da saúde, "área para a qual não pouparei recursos", garantiu. 

Temer ponderou que tem consciência dos problemas do país, como a alta carga de impostos paga pelos cidadãos, "que pouco recebem em troca". Por isso, avalia que um dos desafios é desburocratizar o Estado e melhorar a qualidade dos serviços públicos oferecidos à população.

Ao falar para milhares de brasileiros, o presidente disse ter confiança que em 2017 os empresários voltarão e investir e o País vai começar a recuperar os empregos perdidos. Segundo ele, no próximo ano a economia brasileira voltará a crescer, mas desta vez de forma "sustentável e responsável". 

Temer finalizou o pronunciamento prestando uma homenagem ao cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, que morreu aos 95 anos, no último dia 14. "A esperança foi seu lema, a coragem a sua marca. Coragem e sentimento de esperança não me faltarão." O presidente desejou Feliz Natal a todos os brasileiros e afirmou que o País chegará até 2018 preparado para avançar ainda mais.  

 

 

 Fonte: Portal Planalto