Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 12 > Adesão ao cadastro positivo será automática

Notícia

Adesão ao cadastro positivo será automática

Crédito

Medida vai ajudar a reduzir juros cobrados do consumidor e a diminuir a inadimplência nas instituições financeiras
por Portal Planalto publicado: 15/12/2016 20h25 última modificação: 16/12/2016 15h09
Beto Barata/PR Presidente da República, Michel Temer, acompanhado de ministros durante anúncio das medidas

Presidente da República, Michel Temer, acompanhado de ministros durante anúncio das medidas

O cadastro positivo, que cria um ranking de bons pagadores, passará a ter adesão automática. A medida foi apresentada nesta quinta-feira (15) pelo governo federal e faz parte de uma série de iniciativas para incentivar a economia e a geração de emprego.

Todos os brasileiros com CPF serão incluídos automaticamente no cadastro positivo. Para não fazer parte desse banco de dados, o cliente terá de fazer uma solicitação.

Esse cadastro funciona como um banco de dados do bem. Para os bons pagadores, ele vai permitir acesso a crédito com juros mais baixos e condições diferenciadas.

O cadastro ainda pode levar a uma redução dos spreads (diferença entre o custo do banco para captar recursos e o que o consumidor paga ao fazer um empréstimo).

Avaliação de risco para liberação de crédito

Com uma melhor avaliação de risco, as instituições financeiras poderão desenvolver mais adequadamente suas estratégias para a liberação de empréstimos e financiamentos, o que vai reduzir a inadimplência.

Ainda nesse sentido de reduzir spreads e juros, será criada uma plataforma para registrar ativos financeiros usados como garantia para operações de crédito. Esse ambiente vai centralizar registro de duplicatas mercantis, recebíveis de cartão de crédito e outros.

A plataforma vai ainda aumentar a segurança dos credores nas operações de desconto de recebíveis, o que aumenta a oferta de crédito às pequenas e médias empresas e reduz a taxa de juros para elas.

Confira as melhorias no Cadastro Positivo

Fonte: Portal Planalto, com informações do Ministério da Fazenda