Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 11 > Temer manterá independência nas eleições do Congresso Nacional

Notícia

Temer manterá independência nas eleições do Congresso Nacional

Legislativo

Presidente da República tem como prioridade a união da base aliada na Câmara dos Deputados e no Senado Federal
por Portal Planalto publicado: 04/11/2016 13h30 última modificação: 08/11/2016 14h10
Foto: Beto Barata/PR Base tem sido fundamental na aprovação de matérias para a retomada do crescimento econômico

Base tem sido fundamental na aprovação de matérias para a retomada do crescimento econômico

O presidente da República, Michel Temer, vai manter a conduta de não envolvimento no processo de sucessão das mesas diretoras do Congresso. Mensagem lida pelo porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, nesta sexta-feira (4), informa que Temer terá a mesma postura das eleições municipais.

Em 31 de janeiro de 2017, terminam os mandatos de Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Renan Calheiros (PMDB-AL), que respectivamente comandam a Câmara dos Deputados e o Senado Federal. 

Na disputa eleitoral pelas prefeituras, o presidente da República não interveio em nenhuma das eleições. “[O presidente da República] manterá a mesma conduta de não envolvimento no processo de escolha e eleição das futuras presidências do Senado Federal e da Câmara dos Deputados”, afirmou Parola.

De acordo com o porta-voz, a prioridade para o presidente Temer é manter a união da base aliada. Os governistas têm sido responsáveis por vitórias expressivas do Palácio do Planalto nos últimos meses. Entre elas, a aprovação em dois turnos na Câmara da proposta de emenda à Constituição do teto dos gastos públicos.

"O governo do Presidente Michel Temer (...) entende ser de grande importância manter a união desta base de apoio, a qual tem sido fundamental para o avanço dos projetos de reconstrução da economia brasileira e de reformas em prol do povo brasileiro", disse o porta-voz.

Fonte: Portal Planalto