Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 11 > Temer defende ações permanentes contra o crime nas fronteiras

Notícia

Temer defende ações permanentes contra o crime nas fronteiras

Segurança Pública

Presidente assinou decreto que institui Programa de Proteção Integrada de Fronteiras
por Portal Planalto publicado: 16/11/2016 16h49 última modificação: 17/11/2016 15h34
Foto: Beto Barata/PR Presidente da República participou de reunião com ministros dos países do Cone Sul

Presidente da República participou de reunião com ministros dos países do Cone Sul

Em reunião com ministros de países do Cone Sul, o presidente da Republica, Michel Temer, defendeu a realização de operações permanentes de segurança nas fronteiras. No evento realizado nesta quarta-feira (16), Temer assinou decreto que institui o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras.

Temer, que coordenou o Plano Estratégico de Fronteiras quando era vice-presidente, disse que as operações episódicas do antigo programa não eram suficientes para combater a criminalidade.

“No momento em que se noticiava que haveria uma ação nas fronteiras, (…) é claro que o crime se recolhia”, disse. “Talvez a solução, essa é uma proposta que eu deixo, é que haja meios e modos para que essas operações sejam permanentes”, acrescentou.


Aos representantes dos governos da Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai, Temer ressaltou a necessidade de combater crimes transnacionais, como o narcotráfico, "que ultrapassa todas as fronteiras e ganha força de tragédia".

A reunião realizada no Itamaraty busca dar efetividade a ações regionais voltadas ao combate de delitos. A discussão deverá definir parâmetros para intensificar o contato entre agências de segurança e inteligência dos países do Cone Sul.

Fonte: Portal Planalto