Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 11 > Padilha destaca nova representatividade do Conselhão

Notícia

Padilha destaca nova representatividade do Conselhão

Desenvolvimento

Para diversificar a composição, foram chamados participantes de diferentes regiões e contemplados novos setores
publicado: 21/11/2016 14h47 última modificação: 21/11/2016 15h08
Foto: Beto Barata/PR Novo Conselhão foi inaugurado nesta segunda-feira (21) pelo presidente Michel Temer

Novo Conselhão foi inaugurado nesta segunda-feira (21) pelo presidente Michel Temer

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) irá focar as discussões na retomada do desenvolvimento do País. A afirmação é do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que participou da 45ª reunião do órgão e explicou que a nova composição foi elaborada para atender às demandas atuais da sociedade. Entre os destaques está o aumento da participação feminina entre os integrantes: 32% dos membros são mulheres.

“Fizemos uma configuração nova, procurando dar um corte horizontal à sociedade brasileira no plano da representatividade. Aumentou consideravelmente a participação dos serviços, como é hoje na vida brasileira, e aumentou também muito a atividade dos intelectuais e da academia”, ressaltou.

A intenção do governo é que todos os segmentos da sociedade sejam representados no Conselho. Além de representantes de diferentes regiões do País, também foram contemplados outros setores como, por exemplo, o da segurança pública.

"Nós vimos que há uma integração, há um sentimento de unidade, o interesse nacional, que sobrepõe a questões individuais, políticas, e houve um chamamento coletivo. Todos somos responsáveis por fazer o Brasil retomar os trilhos do desenvolvimento e do crescimento", afirmou. 

Criado em 2003, o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social tem o objetivo de assessorar o presidente da República e os demais órgãos do Poder Executivo na elaboração de políticas públicas, articulando as relações do governo com os setores da sociedade civil representados.

A próxima reunião ocorrerá em 7 de março do ano que vem.

Fonte: Portal Planalto