Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 11 > Michel Temer cumprimenta Trump pela vitória nos EUA

Notícia

Michel Temer cumprimenta Trump pela vitória nos EUA

Relações Bilaterais

Presidente brasileiro reafirma disposição do governo na manutenção das relações entre os dois países
por Portal Planalto publicado: 09/11/2016 12h58 última modificação: 09/11/2016 13h32
Foto: Marcos Corrêa/PR Porta voz Alexandre Parola em pronunciamento sobre as eleições presidenciais nos Estados Unidos

Porta voz Alexandre Parola em pronunciamento sobre as eleições presidenciais nos Estados Unidos

O presidente da República, Michel Temer, cumprimentou, nesta quarta-feira (9), o empresário republicano Donald Trump pela vitória na disputa pela Casa Branca. De acordo com o porta-voz do governo, Alexandre Parola, uma carta foi enviada ao norte-americano com a mensagem de Temer.

Na carta, Temer manifestou a disposição do governo brasileiro em trabalhar conjuntamente com o novo governo em Washington “em benefício mútuo de nossos povos”. A carta foi lida em pronunciamento do porta-voz do governo no início da tarde de hoje.

O presidente brasileiro ressaltou na mensagem o histórico das relações entre Brasil e Estados Unidos, marcadas pelo elevado grau de intensidade e diversidade no plano governamental e também nos laços que unem as sociedades e o empresariado dos dois países nos mais diversos campos.

Confira a íntegra da carta:

Brasília, 9 de novembro de 2016

A Sua Excelência o Senhor
Donald J. Trump
Presidente eleito dos Estados Unidos da América

Senhor presidente eleito,

Felicito-o pela eleição para Presidente dos Estados Unidos.

O Brasil e os Estados Unidos são duas grandes democracias que compartilham valores e mantêm, historicamente, fortes relações nos mais diferentes domínios. Estou certo de que trabalharemos, juntos, para estreitar ainda mais os laços de amizade e cooperação que unem nossos povos.

Desejo-lhe pleno êxito no Governo dos Estados Unidos

Michel Temer
Presidente da República Federativa do Brasil

Fonte: Portal Planalto