Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 11 > Medidas do governo garantem Enem a todos os inscritos

Notícia

Medidas do governo garantem Enem a todos os inscritos

Enem 2016

Em entrevista gravada para a TV NBR, o ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que isonomia entre quem faz o exame em novembro ou em dezembro também é assegurada
por Portal Planalto publicado: 04/11/2016 20h35 última modificação: 07/11/2016 13h34
Foto: Divulgação/MEC Ministro alertou que apenas pouco mais de 200 mil jovens terão que fazer o Enem em dezembro

Ministro alertou que apenas pouco mais de 200 mil jovens terão que fazer o Enem em dezembro

Em entrevista gravada na noite desta sexta-feira (4) para a TV do governo, a NBR, o ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que as medidas que o governo federal adotou para manter a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em sua data original, nestes sábado (5) e domingo (6), garantiram a participação da maioria dos estudantes inscritos.

“Cerca de 98% dos inscritos, ou seja, 8,4 milhões de jovens terão acesso ao Enem sem nenhuma alteração. Apenas pouco mais de 200 mil jovens terão de fazer o Enem em um segundo momento no início de dezembro”, esclareceu.

Um total de 8.386.944 estudantes farão as provas neste final de semana em 1.727 municípios brasileiros. Outros 269.657 candidatos farão o exame nos dias 3 e 4 de dezembro, devido à ocupação de seus locais de prova. Até a manhã desta sábado (5), as ocupações haviam afetado 404 localidades. Participantes que se enquadram na condição de pessoas privadas de liberdade (PPL) e jovens que cumprem medida socioeducativa farão as provas nos dias 13 e 14 de dezembro.

Mesmo com a realização da avaliação em datas diferentes, ressaltou o ministro, está assegurada a isonomia e homogeneidade de critérios para os dois grupos de estudantes. O resultado final será divulgado de forma consolidada após a conclusão dos exames e será critério para acesso ao ensino superior por meio de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no Programa Universidade Para Todos (ProUni) ou no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os candidatos que tiveram seus exames adiados foram comunicados da mudança por mensagem eletrônica (e-mail), mensagem de texto (SMS), pela página do participante e, ainda, pelo aplicativo Enem 2016.

Durante os dias de realização do Enem, os candidatos também terão à disposição uma central de atendimento para sanar dúvidas e obter informações.

Os estudantes poderão acessar as páginas do MEC e do Inep na internet ou, ainda, telefonar para o plantão de atendimento, no número 0800 61 61 61. Nesses canais também será possível consultar os locais de prova com seus respectivos endereços.

Fonte: Portal Planalto, com informações da NBR, MEC e Portal Brasil

registrado em: , , ,