Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 11 > Desenvolvimento social é prioridade para membros do Conselhão

Notícia

Desenvolvimento social é prioridade para membros do Conselhão

CDES

Atenção ao esporte, às artes e à igualdade de gêneros tem espaço garantido na nova formação do colegiado
por Portal Planalto publicado: 21/11/2016 15h55 última modificação: 21/11/2016 18h36
Foto: Beto Barata/PR Formado por 96 membros, Conselho irá auxiliar o governo na formação de políticas públicas

Formado por 96 membros, Conselho irá auxiliar o governo na formação de políticas públicas

O novo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), que se reuniu pela primeira vez nesta segunda-feira (21), conta com integrantes que vão representar os mais diversos setores da sociedade, como a economia, direitos humanos, esporte e artes. Escolhidos pelo presidente Michel Temer, os 59 novos conselheiros vão se juntar aos outros 37 para ajudar o governo a elaborar políticas públicas.

Entre os novos membros está o técnico da seleção masculina de vôlei, Bernardinho. Embora esteja acostumado a trabalhar com o esporte de alto rendimento, o treinador afirmou que irá focar as discussões no esporte voltado para o desenvolvimento social e econômico.

“[A intenção é] fazer realmente com que o esporte esteja inserido na formação dos jovens. Um esporte de qualidade com a preocupação da transmissão de valores. Estamos falando aqui da formação de pessoas melhores, de um Brasil realmente melhor no futuro, onde as pessoas tenham mais consciência das coisas”, disse.

Para a advogada e vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Família, Maria Berenice Dias, a volta do Conselhão representa uma abertura do governo com a sociedade e, principalmente, com as mulheres.

“Me chama atenção o número significativo de mulheres, que normalmente não existe nos conselhos em geral. Mas acho que isso significa um passo de aproximação com a sociedade. Acho que é uma abertura importante”, afirmou.

A abertura do governo também foi destacada pelo ator Milton Gonçalves, que é secretário-geral do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (Sated/RJ).

“Eu acho que socialmente é fundamental. O governo está abrindo as portas para a gente. Eu estou muito feliz porque eu estou preocupado em como eu vou poder contribuir de maneira positiva”, comentou.

Fonte: Portal Planalto