Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 10 > "Presidente nos deu a missão de recuperar empregos", diz novo ministro do Turismo

Notícia

"Presidente nos deu a missão de recuperar empregos", diz novo ministro do Turismo

Ministério do Turismo

Marx Beltrão, ao ser empossado como ministro do Turismo, destacou que o setor hoje emprega 3,2 milhões de trabalhadores, com potencial para gerar mais 11 milhões de vagas
por Portal Planalto publicado: 05/10/2016 14h59 última modificação: 05/10/2016 16h35
Foto: Beto Barata/PR Marx Beltrão em cerimônia de posse como novo ministro de Estado do Turismo

Marx Beltrão em cerimônia de posse como novo ministro de Estado do Turismo

Ao ser empossado nesta quarta-feira (5) como titular da pasta do Turismo, o ministro Marx Beltrão afirmou que a principal missão que recebeu do presidente da República, Michel Temer, foi o de desenvolver o setor no País com foco na geração de empregos.

Em entrevista exclusiva ao Portal Planalto, ele destacou que o setor é responsável atualmente no Brasil por 3,2 milhões de postos de trabalho e há potencial para elevar este número para 11 milhões.

“A principal função hoje é recuperar os empregos. Nós podemos alcançar este objetivo desde que façamos as políticas necessárias para que isso aconteça, como a isenção de visto ou visto eletrônico para os países que mais visitam o nosso País, com uma promoção do turismo no mundo por meio da Embratur e também explorando o turismo nacional”, afirmou.

Beltrão ressaltou a necessidade de políticas específicas para o setor para maior atração de investimentos da iniciativa privada. Exemplificou que podem ser criadas áreas especiais de interesse turístico, disponibilizar financiamento com juros diferenciados para o setor e estudar legislação ambiental e tributária específicas.

Ele ressaltou também que o País tem de aproveitar o momento pós-Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Em levantamento feito pelo ministério durante os eventos esportivos, cerca de 88% dos visitantes internacionais manifestaram intenção de retornar ao Brasil e 94% dos turistas domésticos disseram que retornariam ao Rio de Janeiro.

“Temos de aproveitar esse momento. Nós hoje recebemos cerca de 6,4 milhões de turistas estrangeiros e podemos dobrar esse número nos próximos anos se aproveitarmos este momento para divulgar a imagem do Brasil lá fora. Temos ainda cerca de 60 milhões de brasileiros viajando pelo País e outros 70 milhões prontos a entrar no mercado”, declarou.

Fonte: Portal Planalto