Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 10 > Presidente de Portugal destaca empenho para realização da CPLP

Notícia

Presidente de Portugal destaca empenho para realização da CPLP

Língua Portuguesa

Marcelo Rebelo de Sousa se reuniu com Michel Temer no Palácio do Planalto. No encontro, eles também discutiram a situação econômica dos dois países
por Portal Planalto publicado: 31/10/2016 13h03 última modificação: 31/10/2016 16h01
Foto: Beto Barata/PR Presidentes dos dois países discutiram pauta de reformas para retomada do crescimento

Presidentes dos dois países discutiram pauta de reformas para retomada do crescimento

Em reunião com o presidente da República nesta segunda-feira (31), Michel Temer, o chefe de Estado da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, destacou o empenho para a realização da XI Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

No encontro, eles também conversaram sobre temas de interesse dos dois países, como a situação das economias brasileira e portuguesa. Rebelo afirmou que o Brasil é uma potência mundial. E assegurou o empenho dos países do grupo na realização da conferência, que marca os 20 anos da CPLP e na qual o Brasil assumirá a presidência rotativa do biênio 2016-2018.

Reformas

Temer e Rebelo discutiram também a pauta de reformas necessárias para a retomada do crescimento nos dois países. O presidente português disse ao presidente brasileiro que a reforma no sistema de Previdência feita em Portugal foi crucial para o país e que lá os dias de greve são descontados dos salários dos trabalhadores.

Já o presidente brasileiro explicou ao colega português as principais medidas adotadas pelo governo, como a proposta de emenda à Constituição que limita os gastos públicos, as discussões em torno da reforma da Previdência Social e também o programa de concessões à iniciativa privada.

No último mês de setembro, Temer e Rebelo de Sousa já tinham se reunido em Nova York, durante a Assembleia-Geral da ONU. Na ocasião, o presidente português afirmou que iria divulgar o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) aos líderes europeus.

Fonte: Portal Planalto